18 dezembro, 2013

{Resenha #02} Belo desastre ou apenas Travis Maddox?


Então tá, vamos lá!

Todos os blogs de livros, leituras e coisas do gênero que eu leio, comento ou apenas visito estão ou estavam falando maravilhas de Belo Desastre, da autora Jamie Mcguire (Ed. Verus, 2012). 
Resultado: entrou na minha lista!

Aí antes de ler eu descubro uma coisa que me deixou encantada: ela conta a mesma história sob perspectivas diferentes. Ah como eu amo isso! Já cheguei a falar aqui e aqui, no meu outro bloguito. Então quando comprei, comprei logo os dois, né? Só para garantir....


Resenha no skoob 


Verdade seja dita: as capas são mesmo lindas!

Verdade seja dita de novo: realmente dá para se apaixonar por Travis Maddox.... Mas (sempre tem um mas...) não faz o meu tipo AHAHAHAHAHA
Alto, musculoso, tatuado, bad boy, lutador, garanhão... até conhecer Abby.

O livro é lindo, fofo, empolgante, envolvente, sério mesmo... tudo isso e muito mais! 
Mas (de novo um mas...) vamos combinar que essa história de bad boy que se apaixona pela garota "certinha" não é original, né? 

O cara leva todas para a cama e a única que ele realmente quer levar para a cama não quer nada com ele? Hum... onde já vimos isso?? Filme de colegial americano talvez?
Isso me incomodou um pouco durante a rápida leitura (um dia e meio, eu acho) pois apesar de estar fora do universo teen (teoricamente) e os personagens já estarem na faculdade me pareceu que ainda estavam mesmo no 2º grau... com algumas fofoquinhas e briguinhas, conversas de refeitório...
Me pareceu que queria ser mais adulto, mas não tanto assim....

Fiquei todo o tempo pensando: 
# será mesmo que alguém se importa com quem ela está transando?? 
# porque ela insiste tanto em negar que está dormindo na cama dele, mas não necessariamente com ele??
# nessas histórias americanas ninguém trabalha, né? quem paga as contas dela se a mãe é uma bêbada e ela não quer saber do pai? 
Mas deixa quieto....

E essa história de só dormir abraçadinhos juntando com o instinto de autoproteção me fez lembrar muito de Crepúsculo ahahahaha. 
Me desculpem, mas foi inevitável...
Aí fiquei pensando que devia ser tipo uma transição da vida de adolescente para a vida adulta e relaxei....

No final das contas achei que o personagem melhor construído foi mesmo o mocinho, com todas as suas nuances, suas loucuras, seus rompantes, seu amor pela família, sua humanidade...enfim...ele é o que é desde o começo. 
Realmente Travis Maddox leva o livro nas costas, assim como subiu as escadas com Abby uma vez!
Aí sim entendi o porquê de tamanho alvoroço em cima desse livro!


Ainda não li o segundo, mas creio que quando ler vou gostar mais, justamente por ser uma ótica "masculina", imagino que sem frescuras e sem rodeios...

Belo desastre: li, gostei e recomendo!

Travis Maddox: meu mais novo amor... claro, depois do Duque de Hastings (o duque e eu), do Visconde Bridgerton  (o visconde que me amava) e ah, claro do Sr. Darcy (esse dispensa qualquer apresentação).

Quem já leu me conta?

Bjs



Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

1 comentários:

  1. Oi Re,
    Boa sorte com o novo blog, que ele te traga muitas alegrias!
    Adoro ler, mas este ano foi complicado...a falta de tempo não
    me permitiu ler o quanto gostaria.
    Agora já sei onde fazer minhas consultas!
    Um beijo

    ResponderExcluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo