16 janeiro, 2014

{Projeto} Mais filmes em 2014 # 03


Olá a todos!

Meio atrasada com o post dessa semana do Projeto Mais filmes em 2014.
É que estou as voltas com um novo hospital outra vez, então estava muito cansada e quase não estava dando atenção aos blogs.

Cada vez que vejo um filme, ou dois ou três... porque adoro ver filmes, fico pensando em como participar está sendo muito legal. Porque podemos compartilhar dicas e aproveitar e interagir sobre os nossos filmes favoritos, como fazemos com os livros.

Como sempre eu não vi um filme... não consigo, é muito pouco para mim kkkkk. Vi 2...
As vezes eu faço maratona ou escolho aleatoriamente mesmo. Aqui em casa tem o Netflix e eu adoro, pois tem uns filmes mais antigos e dá para ver e rever (coisa que adoro, quando curto muito o filme).

Um foi Harry e Sally, feitos um para o outro e o outro foi Eu, robô.

Eu odeio comédias, mas curto comédias românticas... bom, nem todas, só as que tem uma boa história. É que tem umas que são um desastre, não consigo rir por rir vendo um filme... acho que tem que ter conteúdo. Harry e Sally tem!

Amo essa cena, que por acaso é uma das capas do dvd

O filme é de 1989 e conta a história de Harry Burns e Sally Albright, desde quando eles se conheceram através de uma carona de Chicago para Nova York, após concluírem a universidade. Eles se detestam a princípio, mas durante os anos seguintes eles se encontram em situações inesperadas e acabam se tornando amigos. Com o tempo percebem que essa amizade pode ser abalada pois estão se apaixonado. 

O filme é ótimo em todos os aspectos. Direção impecável, roteiro excelente. Além de ótimas atuações..  e olha que eu odeio a Meg Ryan... kkkkkk, bom não muito, pois amo Viagem Insólita e é com ela.... Mas ainda tem Bruno Kirb e a eterna Princesa Lea, Carrie Fisher, que aliás estão fantásticos em seus papéis coadjuvantes. 
O filme fala essencialmente de relacionamento e das visões de mundo das pessoas solteiras e casadas. Além disso é permeado por depoimentos verdadeiros de casais, sobre como se conheceram e se apaixonaram.
E claro, tem a famosa cena do orgasmo na cafeteria ahahahaha, acho que  é uma das mais engraçadas do filme.
Recomendadíssimo! "Vale o ingresso" srsrsrs



O outro filme nada tem a ver com comédia, mas tem um pouco dela também!

Issac Assimov, quem não ama?

O célebre escritor escreveu um sem número de contos e novelas sobre robôs, e foi ele que cunhou as 3 Leis da Robótica, simplesmente chamadas de as 3 leis, que se tornaram o passo inicial para qualquer história de robôs que surgiu desde então. E elas surgiram no Livro Eu, robô, de 1950. Que por acaso eu já li! Tudo de bom! Para quem gosta do tema, é claro! 
Então fui ver o filme esperando tudo de bom, mas o filme é mais!


Em 2035 a existência de robôs é algo corriqueiro, sendo usados constantemente como empregados e assistentes dos humanos. Os robôs possuem um código de programação chamado de "as 3 Leis", consideradas um ciclo perfeito de proteção, que impede que façam mal a um ser humano. Estas leis parecem ter sido quebradas quando um renomado cientista da U.S.R, Alfred Lanning, criador dos robôs, aparece morto e o principal suspeito de ter cometido o crime é justamente um robô que se auto denomina Sonny. Caso Sonny realmente seja o culpado, a possibilidade dos robôs terem encontrado um meio de quebrarem as 3 leis pode permitir que eles dominem o planeta, já que nada mais poderia impedi-los de subjugar os seres humanos. Para investigar o caso é chamado o detetive Del Spooner que, com a ajuda da Dra. Susan Calvin, precisam desvendar o que realmente aconteceu.

O filme é fantástico, explora muito bem essa fascinação do homem pelas máquinas, junto com o seu medo de uma revolução. 
As cenas de ação são fantásticas e Sonny parece mesmo que está lá. Adoro ver a diferença dele para os demais robôs e a aparente frieza da Dr. Calvin. Sem contar que Will Smith é Will Smith, né?
A reflexão é iminente, queremos mesmo que eles sejam mais humanos?

Espero que tenham curtido!
Essa é uma iniciativa do Blog Pronome Interrogativo.


Quem quiser ver os posts da semana # 1 e # 2, clica aqui e aqui...

Grandes Bjs!


Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

5 comentários:

  1. Eu, Robô não curti, agora Harry e Sally, feitos um para o outro, não assisti e depois de tudo o que vc falou, irei assistir o quanto antes :D
    Beijokas, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena que não gostou do Eu, robô... achei muito muito bom... e os contos do livro são mais interessantes ainda, claro para quem curte histórias de robôs
      bj

      Excluir
  2. Eu ja vi "eu robô" e acho um filme muito bom! acho muito inteligente a composição da trama.

    eu ja tabralhei na farmacia mas preferi ir pro almoxarifado depois
    desde que comecei a ter contato com isso acho mto legal essa profissão
    mas não sei se seria uma boa pra mim... rs
    beijos
    http://www.biancagsnunes.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Renata!
    Eu adoro esses dois filmes!!! Harry & Sally é um clássico das comédias românticas, amo! E Eu, Robô é muito bom. Como não amar Asimov, né!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Sora, e olha que esse livro de contos é o único que eu tenho dele, mas é demais!
      grande bj

      Excluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo