27 abril, 2014

{Resenha #18} Alice no país das maravilhas


Olá!

Dando sequência na minha lista de clássicos, finalmente consegui ler Alice no país das maravilhas, do Lewis Carroll. 
Outro livro da Martin Claret que estava aqui paradinho no meu armário esperando ser lido (tenho vários da editora, são ótimos, miúdos e geralmente vende até em bancas de jornal).  


A história dispensa apresentações. É uma das obras mais célebres do gênero literário nonsense, que conta a história de uma menina chamada Alice que cai numa toca de coelho que a transporta para um lugar fantástico povoado por criaturas peculiares e antropomórficas, revelando uma lógica do absurdo característica dos sonhos. A história está repleta de alusões satíricas dirigidas tanto aos amigos como aos inimigos de Carroll, de paródias a poemas populares infantis ingleses ensinados no século XIX e também de referências linguísticas e matemáticas frequentemente através de enigmas que contribuíram para a sua popularidade. É uma obra de difícil interpretação pois contém dois livros num só texto: um para crianças e outro para adultos.

♥♦♣♠ Minha humilde opinião ♥♦♣♠


Tudo que eu conhecia da história da Alice vinha do filme da Disney de 1951, que eu achava chatíssimo quando o via em criança. Apesar de achar o filme lindo, bem animado e bem desenhado (Disney, né?) achava muito lento e parado e não entendia por nada a história da garota loira e chata que caía na toca do coelho e encontrava um bando de seres doidos....
Um bom tempo depois foi que descobri que existia um segundo livro e que Disney fez uma junção dos dois para fazer o desenho. Aí conforme eu fui crescendo, fui vendo que a "graça" estava justamente aí, na falta de sentido.....
Mas de qualquer forma como ainda não tinha lido o livro ficava sempre "com a pulga atrás da orelha"...


Aí veio o filme do Tim Burton (que eu amo!)
Eu cheguei a ler numa crítica que falava que "o ambiente completamente lisérgico criado por Carroll era um prato cheio para Burton". Realmente, tudo é lindo e grandioso, isso é verdade. E pelo menos para mim, quando deram uma "repaginada" na história tudo começou a fazer um pouco mais de sentido....quase, né?


Então....muito, mas muito tempo depois consigo ler o livro. Ufa!
A história é relativamente curta e dá para ler em uma tarde. Se eu não sei da importância da obra, confesso que largaria para lá kkkkk. Realmente parece que você tem que estar "fumada" para entender alguma coisa srsrsrs. Ou então, eu que estudei mesmo pouco de literatura universal....
Mas por outro lado, tentando ver pelo lado lúdico da obra, quando somos crianças temos mesmo uma percepção muito diferenciada das coisas. E talvez seja devido a isso o sucesso dessa história.

♥♦♣♠ Outras mídias ♥♦♣♠


Como a história é famosa há várias gerações a parte que eu mais curto da Alice é justamente a versão sombria de algumas adaptações, como algumas ilustras meio dark. Mas as ilustras fofas também são um colírio para os olhos.







Espero que tenham curtido!


Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

2 comentários:

  1. Eeeeee, adoro essa história. Levei mais que uma tarde lendo as aventuras da Alice, mas talvez seja por conta da edição do livro que é diferente. :P

    É uma história bem curiosa e cheia de simbolismos. Adoro :)

    Bjs

    Raquel
    www.pipocamusical.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raquel, é simbolismo demais pra minha pobre cabecinha, mas de todo eu curti ♥
      Li mesmo muito rapidinho, mas o livro era tão pequenininho....
      bjs

      Excluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo