04 setembro, 2014

{Resenha #35} Os segredos de Colin Bridgerton - Julia Quinn


Olá, gente, tudo bem?

Se no mês de julho eu li muito pouco (#chatiada) em agosto eu consegui quase voltar à velha forma....se em julho eu li só 3 livros, em agosto foram 4 e eu já fiquei feliz. É que estava naturalmente com uma média de 4 livros lidos por mês, mas em junho dei uma boa empacada em Jane Eyre (que por sinal, amei!) e falei dele aqui

A ordem de leitura foi A beira da sepultura, que falei aqui, Misery, do Stephen King (que me dá nervoso sempre), Os segredos de Colin Bridgerton e Manhã de núpcias (que li em um dia e meio). 

Ainda não comentei nada por aqui sobre esses livros, mas hoje vim falar do livro 04 da série "Os Bridgertons", pois não consegui resistir e amei cada pedaço. Não consigo conter a afobação quando o assunto é a Diva Julia Quinn! O que é essa autora? Os únicos livros que li dela foram os da série "Os Bridgertons", mas quero ler tudo, pois amo a sua escrita! Não tem como não se apaixonar por cada personagem, até os coadjuvantes! Adoro a família Bridgerton! Quando eu achava que o melhor livro era o 3, vem o 4 ainda melhor! Meu coração não aguenta, produção!



O livro 4 conta a história do terceiro irmão (A, B, C.... para quem não vive nesse mundo). Colin Bridgerton é um jovem solteiro convicto que não para de ir e vir de Londres e segundo Lady W, ainda não foi fisgado por nenhuma moça debutante. Penelope Featherington é uma (considerada) solteirona de 28 anos que perdeu totalmente as esperanças de encontrar um marido. Ela e Colin são amigos há muitos anos. Desde que por intermédio de sua mãe (leia-se ordem, cutucada na costas e coisas do tipo), Colin sempre a convida para dançar em quase todos os bailes das temporadas de Londres. Mas (sempre tem um mas...adoro!) depois de uma longa viagem, Colin percebe que Penelope mudou (ou será que foi ele?) e que agora a jovem invisível aos olhos da sociedade é uma jovem mulher, dona de um senso de humor afiado e uma beleza só dela. E ele tem passado cada vez mais tempo com ela e quer cada vez mais tê-la por perto. Depois que trocam o primeiro beijo, Colin não consegue entender como nunca enxergou o que sempre esteve a sua frente (cristalino como água). Mas os dois escondem seus segredos, que podem afastá-los do final feliz....

- Não precisa mais dançar comigo só para que eu não me sinta excluída.

- Não era por isso que eu dançava com você.

Não é ótimo descobrirmos que não somos exatamente o que pensávamos ser?

Como não amar Colin e Penelope? Como não amar o que a Julia Quinn escreve? Simplesmente não dá...eu não consigo....

Da próxima vez que quiser reclamar sobre os percalços e as atribulações de ser adorado por todos, tente ser uma solteirona encalhada por um dia. Veja qual é a sensação e depois me avise se deseja continuar se lamentando. 
Conhecera Colin numa segunda-feira e o beijara numa sexta. Doze anos depois.
Talvez devesse considerar a noite um fracasso, mas na verdade, não conseguia pensar dessa forma. Afinal, passara quase cinco minutos segurando sua mão.


Julia Quinn constrói o amor a partir de pequenos gestos. Mesmo quando Benedict se apaixona a primeira vista por Sophie no livro 3 ainda assim o amor é trabalhado de forma a não parecer tão banal. Ele sempre vem aos poucos e cresce como uma força da natureza! E que força!

Tudo é perfeito! O humor, a amizade, o apego familiar, a necessidade de proteger a pessoa amada. Julia Quinn nos brinda com uma história de amor (claro) construída com diálogos divertidos e personagens cativantes. Os coadjuvantes são um capítulo à parte. Eu amo os coadjuvantes, já comentei antes por aqui. Lady Violet não teve tanta participação dessa vez, mas Lady Danburry arrasou e olha que eu nem reparava nela nos livros anteriores....
Volto a falar Julia Quinn é diva! E amo a Editora Arqueiro por publicar esses livros maravilhosos. 


Pensei amar Daphne e Simon.
Pensei amar Anthony e Kate.
Pensei amar Benedict e Sophie.
Mas como não morrer de amor por Colin e Penelope?

Recomendo muito a leitura! A série é fora de série (com o perdão do trocadilho infame). É de chorar de emoção em vários momentos! Mas eu sou mesmo uma manteiga derretida.... Que já leu me conta?! Quem não leu...corre que é muito bom!

E ah, sobre os segredos, lhe asseguro, cara leitora, que são muitos! E que esse blog odeia spoilers! Mas foram mais revelações até do que meu pobre coração aguenta. Mas como eu sou uma leitora atenta já tinha percebido que Julia Quinn já tinha dado váááários sinais durante os livros anteriores. Julia Quinn mora no meu ♥ ....assim como toda a família Bridgerton. 

Os segredos de Colin Bridgerton
Julia Quinn
Editora Aqueiro, 2014
ISBN: 978-85-8041-306-6
Ficção Americana
♥♥♥♥♥

Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

4 comentários:

  1. O meu livro do Colin chegou quinta-feira *--------------------*
    Imagina a minha ansiedade depois de ler essa sua resenha? HAHAHA
    É minha próxima leitura, certeza!
    Obrigada por me deixar loooooouca Renata, hahaha
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aha, mais uma apaixonada pela família Bridgerton! Obaaaaaaaaaaaaa
      bjs

      Excluir
  2. Nunca tinha escutado falar desses livros, mas me interessei. Muito legal!
    Coloquei seu banner nos meus parceiros do blog, se der pra colocar o meu. Agradeço desde já.
    Muito lindo aqui. Parabéns. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tau, a Julia Quinn é diva! Se vc ler um vai amar e vai querer ler todos!
      bjs

      Excluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo