05 janeiro, 2015

Edições Bonitas: Frescura ou não?!


Olá, pessoal!

Dando aquela zapeada básica pela internet da vida me deparei com o Blog Viajando com papel e tinta. Lá eu vi uma postagem muito pertinente para nós amantes de livros. Edições Bonitas: frescura ou não?!

A Ana, dona do blog, faz as seguintes perguntas:

# Qual a imfluência da capa da capa de um livro durante o processo de compra?
# Uma edição mais detalhada e bonita é sempre mais cara?


Para mim a capa tem influência sim, na escolha de um livro. Mas só se você não sabe absolutamente nada sobre ele. Isto é, foi na livraria e está procurando gastar dinheiro e não sabe o que levar....aí sim, a capa pode até direcionar minha escolha ahahahah (claro que vou dar uma olhada rápida na sinopse atrás).....Já comprei pela capa e me ferrei #mejulguem


Do contrário, se já sei que quero ler, gosto do autor, me interessei pela história não vai ter capa "feia" que me segure. Daí claro, deve vir a tal máxima: não julgue um livro pela capa. A capa chama atenção, claro, mas conteúdo é TUDO!


Um exemplo muito pertinente, que cheguei a comentar nesse post aqui é o Livro Salvos pelo Amor, da autora-fofa Juliane Rodrigues. Comentei lá no post que não leria esse livro pela capa, porque apesar de não achar feia, não gostei dela. Cheguei até a falar com a própria Juliane sobre isso. Mas como me indicaram o livro tão positivamente eu fui lá, li e me surpreendi, virando fã da história do livro e da mensagem que ele passa. Se eu fosse me influenciar pela capa, iria perder a oportunidade de conhecer essa história.

#pausa - Leiam esse livro, vocês vão amar e com certeza não irão se arrepender! ♥♥♥♥♥

Respondendo a segunda pergunta, a própria Ana já deu os exemplos dela no blog. E eu super concordo! Nem sempre a edição cheia de fru-fru vai ser a mais cara. É claro que a tendência é essa, mas em alguns casos, pode ser até mais barata ou ter o mesmo preço....Não sei o que é levado em consideração na verdade. Eu já paguei menos de 30 reais, em edições comemorativas e de capa dura, eu acho relativamente barato, e você?

Desde a sua publicação, já se foram milhões de edições de O morro dos ventos uivantes. E eu comprei essa numa promoção das Lojas Americanas, por míseros 9,90....morram de inveja....brinks.

Edição hardcover e ainda por cima bilíngue! Tem até uma contra-capa protegendo a capa (estamos em 2015, mas ainda não inventaram o papel anti poeira - entendedores entenderão). Não foi um achado? 


E vocês, o que acham desse debate?
Se quiserem dar um espiada lá no Blog Viajando com papel e tinta, segue o link para vocês!

Bjs

Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

7 comentários:

  1. Obrigada Renata por ajudar a divulgar esse debate, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana!
      Por nada! Sempre bom esses debates pertinentes...eu adorei
      bjs

      Excluir
  2. Eu gosto de livro com ediçao caprichada, quando resolvi comprar livros da Jane Austen me bateu uma tristeza porque ou o livro é pocket, com umas capas feias ou a capa dura é dessa editora Landmark que nao gosto depois que paguei 10 dilmas num ebook do livro A Abadia de Northanger e a traduçao era pessima, as vezes sem sentindo nenhum.
    Eu acho que o sonho dos leitores brasileiros é uma ediçao caprichada com uma traduçao idem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Rafaela, tudo bem? ♥
      Com certeza seria um sonho né? Edição boa e sem problemas na tradução. Eu até gosto de pocket books, mas depende muito....tem certos livros que não gosto de ter na versão econômica.....
      Mas quando a edição é caprichada a gente vê como a editora teve cuidado com os leitores, né?
      bjos

      Excluir
  3. Oi RÊ

    Meu post ficou prontinho para amanhã, mas você não vai querer saber que ele ficou meio grande kkkk. Meu como eu falo, deveria ter tratamento para isso kkkkk.

    Mas eu amei a temática obrigada por compartilhar.

    Aiii que tudo essa sua edição MARAVILINDA de O Morro... Morri rs.

    kkk acho super engraçado você não gostar da capa de Salvos. Eu acho simples, mas sei lá, ela me traz um ar de... o que vou encontrar no livro rsrs.

    Beijosss Fer

    ResponderExcluir
  4. Debate pertinente e acredito que uma capa bem criativa e chamativa ajuda sim o leitor indeciso a levar o livro para casa. Mas claro que já li muitos livros maravilhosos com capas terríveis.
    Enfim devemos avaliar o livro, pelo seu conteúdo, mas não custa nada os autores e editoras contratarem bons capistas antes de lançarem o livro no mercado; com certeza é investimento com retorno garantido. Adoro as capas elaboradas pela autora e capista Adriana Brasil, conhece!!???

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Aline, concordo com vc! Não custa nada a capa ser bonita né? srsrsrsrs, mas as vezes uns acham a capa o máximo e outros não gostam, é complicado julgar....geralmente a capa tem um significado além do que entendemos.
      Se for a mesma pessoa do Outono de sonhos, sim, as capas são lindas! Realmente!
      Bjs

      Excluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo