14 janeiro, 2015

{Resenha #51} As batidas perdidas do coração - Bianca Briones


Olá, gente!

Vou fazer igual ao He-man.....Na história de hoje....Brincadeira!

O livro que venho falar para vocês é As batidas perdidas do coração, da Bianca Briones, mais uma autora nacional (Eba!). É o primeiro livro da autora, foi lançado pela Verus.

Eu comprei para dar de amigo oculto literário que participei no final do ano. Achei a capa tão linda que acabei comprando um para mim também. 


História do livro

Viviane acaba de perder o pai. Com a mãe em depressão, ela se vê obrigada a assumir o controle da casa com o irmão mais novo. Rafael teve o pai assassinado há alguns anos e agora viu quatro pessoas de sua família, incluindo a única irmã, morrerem em um acidente de carro. 
Viviane pertence a uma classe social que ele despreza. Rafael é tudo o que ela sempre ouviu que deveria evitar. Eles são opostos, porém dividem a mesma dor. Jamais se aproximariam se a morte não os colocasse frente a frente, e agora, por mais que saibam que são completamente errados um para o outro, não conseguem evitar uma intensa conexão, que poderá salvá-los ou condená-los para sempre.

Achei meio parecido com Belo Desastre, embora a história não tenha muito a ver, mas num estilo "bad boy se apaixona perdidamente pela mocinha". No caso, uma mocinha rica e mimada e /ou os dois...Ou bem chatinha apenas, assim como a Abby (gosto muito do Travis, mas a Abby me mata, gente!). Porém um pouco mais dramático por conta da perda dos pais de ambos e outros problemas na família. O cara "pega geral" (onde já vimos esse filme?) e em qualquer lugar...
Para mim, o livro tem personagens demais, é parente para dar e vender e todo mundo se metendo na vida dos dois....não aguentei isso....Acho que não dá nem para se aprofundar muito no contexto da vida deles. É avô, avó, primos e amigas, como se fossem um bando de "figurantes", nem todos com sentido....Achei o avô controlador meio piegas....Não sei se porque não sou muito fã do genêro, sabe? Daí acho que precisa de "algo mais" para me prender....

Uma coisa muito, muito boa, que eu gostei bastante, foi que os capítulos já eram divididos com a narrativa de um ou outro. Ou do Rafael ou da Viviane. Isso nos poupa um bocado de tempo e dinheiro, pois já sabemos de antemão que não teremos "o mesmo livro", só que na visão do bad boy. Não me xinguem, não pensem que odeio Belo Desastre/ Desastre Iminente. Ao contrário, tenho e li os 3 livros (se bem que Belo Casamento foi um conto, né? - achei golpe baixo ele ser vendido). Só não morri de amores como a maior parte da população. Li e achei legal, fim de papo!



Mas voltando às batidas.....Gosto muito mais quando o amor é construído e não mostrado de forma tão arrebatadora, embora eu mesma nem tenha achado tanto.... A autora faz questão de frisar o tempo todo que o que os une/ uniu foi a "dor", que talvez de outra forma, seus caminhos poderiam nem ter se cruzado. 
Nos momentos em que algum personagem fala da "dor" ocorrem diálogos bem profundos e que realmente nos levam à reflexão e achei sinceramente que esse foi o ponto alto da leitura ♥. Como lidar com a perda. Como ela é diferente para cada um. Como não julgar o que o outro está sentido. E porque é tão importante aprender a lidar com ela.

Acredito que a situação da história possa sim acontecer a nossa volta. Uma família rica (ou não) desestabilizada por uma perda devastadora. Uma mãe deprimida, um irmão que quer seguir em frente e uma menina que também quer, mas não consegue. Do outro lado, outras pessoas, de uma classe social diferente, que passam por problemas semelhantes com relação à perda. Como eu disse, dá para refletir nesse sentido.  

Na história de As batidas perdidas do coração um novo elemento foi acrescentado, um novo ponto de tensão. Como não leio muitas histórias do tipo, não posso opiniar muito aqui. Mas com certeza, a autora mandou bem ao inserir algo fora do "contexto social", já tão batido e conhecido de todos.

Apesar de tudo, a protagonista ainda me parece mais adolescente do que adulta e algumas atitudes não me foram tão verossímeis. Isso me irritou um pouco, mas quando eu me lembro que se trata de uma história de ficção eu acabo aceitando, né?

Mas depois de falar tudo isso, vocês podem estar se perguntando: 

E aí, Renata? Gostou ou não do livro?

Sim, até gostei do livro. Apesar de não ter sido minha leitura favorita. 
Como eu falei antes, a capa é muito bonita. A diagramação é belíssima também, com letras desenhadas e confesso que curto muito essa folha um pouco mais amarelada. Só que volto a falar, como não é meu gênero favorito, não cheguei a me apaixonar por Rafael e Viviane. Mas pelo que eu pude perceber a história foi bem conduzida, na minha humilde opinião. Então eu realmente daria essa dica de leitura! 

Bjs e até a próxima! 



As batidas perdidas do coração
Bianca Briones
Editora Verus, 2014, 406p
 Romance
I.S.B.N: 978-85-768-6322-9
Skoob
♥♥♥♥

Acompanhe o Uma leitura a mais pelas redes sociais:


Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo