11 janeiro, 2015

{Resenha #50} Um novo amanhecer - Cintia Freire


Olá, leitores!
Como vão?


Aviso antes que comecem a ler esse post. 
Essa é só a minha opinião. Ninguém precisa gostar dela ou concordar comigo. Só expressei aqui o que achei desse livro, mas se estiverem a fim de ler, leiam! Não se deixem influenciar por mim... Li esse livro ano passado, mas ainda não tinha falado dele aqui no blog.

Hoje venho falar do livro Um novo amanhecer, da autora nacional Cinthia Freire. A Editora é a Novo Século, sob o selo Novos Talentos da Literatura Brasileira. Um dia, nas minhas andanças pelo Skoob-do (marido chama assim) eis que me deparo com essa sinopse:

Giulia está arrasada! seu namoro chegou ao fim e ela não sabe o que fazer.
Leo está confuso e com medo, seu tempo está acabando e ele não quer magoar sua namorada.

Zyon é um anjo perdido e apesar de saber que está em uma missão na Terra, ele não tem idéia exatamente do que o aguarda.

Em uma tarde chuvosa o caminho dos três se cruzam de forma trágica e comovente.

UMA GAROTA APAIXONADA

UM RAPAZ DOENTE
UM ANJO PERDIDO
Eles serão capazes de lidar com a força do verdadeiro amor?



Não sei dizer exatamente o que me chamou a atenção....acho que foi a história do anjo....enfim... Daí, pedi ele de amigo oculto. E não é que eu ganhei? Minha amiga oculta foi super generosa e me deu não apenas 1, mas 2 livros. Linda ela, né?

Mas voltando ao livro, ele começa com Giulia indo estudar numa nova escola onde não conhece ninguém. Lá ela faz amizade com Leonardo, e algum tempo depois eles começam a namorar. Aquele namoro típico de adolescente, sabe? Idas a lanchonete, passeios no parque da cidade....Ou pelo menos como eram os namoros adolescentes de um tempo atrás. Quando eu era adolescente talvez.... Os dois vivem aquela fofura do primeiro amor, algo puro e novo na vida de ambos. Mas depois de um tempo, Leo fica doente, ele é portador de leucemia. Daí o mundo começa a desabar, literalmente. 
A autora nos transporta para a dor que ambos sentem, nem tanto pela doença em si, mas porque ambos não querem perder a pessoa qua amam. O amor deles é fofo, é verdade....mas não sei se é profundo mesmo ou se só "parece" profundo pois os dois são adolescentes e nessa etapa da vida tudo parece um trubilhão de emoções a flor da pele....

Confesso para vocês que não li A culpa é da estrelas. Mas me senti lendo, embora não saiba se tem ou não algo parecido na história. Mas para ser bem sincera, não curto muito esses dramas, pois geralmente leio livros para me divertir. Tá, claro que tem muitos livros que lemos e claro, nos fazem refletir...mas isso é outra vibe.... Não gastei caixas de lenços lendo esse livro #sorry

Aí de repente, aparece o anjo Zyon, meio perdido dentro desse universo. A ideia de ele estar "perdido" fazia parte do contexto, mas parece que estava meio jogado no meio da história. Não consegui compreender muito bem para quê ele veio.... Assim, na verdade, compreendi, só não me pareceu verossímel, sabem?

Para não dar spolier, que isso é muito feio....só vocês lendo mesmo. 

Em alguns momentos pensei em desistir, pois não estava conectada com a história, em outros já foi melhorando...Então foi uma leitura de altos e baixos para mim e confesso que não curto muito isso. Não foi nem uma questão de ame ou odeie foi uma questão de mas hein?

Um novo amanhecer 
Cinthia Freire
Editora Novo Século, 2014, 373p
 Ficção Brasileira
I.S.B.N:978-85-428-0324-2
Skoob
♥♥♥

Acompanhe o Uma leitura a mais pelas redes sociais:




Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

5 comentários:

  1. Adorei sua opinião sobre o livro. Não sabia tanto sobre ele, mas pensava que era totalmente diferente. Apesar de ter gostado de A Culpa é das Estrelas, lembro-me que quando li não chorei (só no filme, não sei porque), mas não sei se leria um livro que lembra tanto outro.

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí é que tá, Wis, eu não sei se lembra, pois não li o outro, mas não sei....algo me fez imaginar que lembra...
      Não me chamou tanto a atenção....
      Bjs

      Excluir
  2. Oi Rê

    Nossa que... confuso mesmo. Nossa fiquei meio assim também: - Han? rs. Poxa que pena que a leitura não foi como esperava. Mas confesso que estou curiosa, e confesso que eu adoro um drama, ainda mais adolescente kkkk, sei lá acho que algum lado meu não amadureceu kkkk. Mas vai entender. Bem não sei mais o que esperar desse livro, só que quero ler. Mas não sei quando affff. Nem lembro se tenho ele na minha estante, vou ver, acho que sim, mas são tantos esperando que esqueci. O que sei foi que mesmo com o que você falou, conseguiu despertar minha curiosidade pela história, mas com isso de chorar to achando que já sei o final, e isso não vai ser legal kkk. Tirando o anjo, acho que essa história deve ser parecida com Um Amor para Recordar também, outro drama adolescente que é um vício para mim kkkkk.

    Beijosss Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando voê for ler me fala...não sou muito desses dramas, mas não tenho paciência....enfim
      Vi gente falando que mudou a sua vida ao ler o livro, enfim.....um porre que só vendo kkkkkk
      bj

      Excluir
  3. Oi Renata!
    Realmente tivemos algumas opiniões diferentes sobre esse livro, mas isso que mais gosto da leitura.
    Cada um vê/sente a história de uma maneira!
    Ótima resenha!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo