03 setembro, 2015

{Resenha #85} A hora da estrela - Clarice Lispector


Olá, pessoal, tudo bem?

Hoje venho falar como vocês sobre minha incapacidade intelectual, da falta de jeito para "amar" aquilo que todo mundo ama e diz que é MUITO BOM!

Peguei emprestado de um colega da faculdade A Hora da Estrela, da aclamada autora nacional Clarice Lispector. Nunca tinha lido nada dela, e não sei se foi um bom livro para começar.....



A Hora da Estrela foi o último livro publicado em vida pela escritora, o romance narra a história da datilógrafa alagoana Macabéa, que migra para o Rio de Janeiro, tendo sua rotina narrada por um escritor fictício chamado Rodrigo S.M. É talvez a sua obra mais famosa, e é também considerada uma das mais surpreendentes de Clarice.

Voltando ao começo, fico de bode da minha capacidade intelectual. Nossa, eu me achei muito burra mesmo. Não suportei o livro! Será que sou normal??

Tudo bem....tudo bem, não me xinguem, não falem que sou ignorante....Já sei de todo o "pano de fundo" da história da nordestina. A própria busca que o ser humano possui....a vontade de saber "para que se serve"...o lado irônico do fim de Macabéa, os vários enredos dentro do enredo...mas gente, achei muito chaaaaatoooooooo......é muita reflexão para uma história só! Minha cabeça quase entrou em colapso!



Não sei se entenderia melhor o livro se já não soubesse de tudo isso antes de lê-lo, de repente assim poderia tirar minhas próprias conclusões. Mas a verdade total e absoluta é que ainda não tenho essa bagagem cultural para discernir tudo isso sozinha....talvez quando ler e estudar mais clássicos da Literatura Brasileira....quem sabe um dia.....

A história é bastante triste e a protagonista me irritou absurdamente. Será mesmo que possa existir ou já tenha existido gente assim? O tal Olímpico realmente me pareceu um ser real, aquele que só quer levar vantagem a custa dos outros, como muitos brasileiros, infelizmente. Mas a nordestina, pelo amor de Deus, não creio que a pessoa seja tão burra, ignorante e "com cor de sujeira" como a autora descreve. Acho que ela descreveu como as pessoas enxergam o outro.....não que ele (o outro) seja realmente assim. As tais mazelas do ser humano.... que hoje em dia, esquecemos de tentar entender. 

De repente era até bom ela (Macabéa) ser mesmo ignorante de tudo, pois nem sabia que era infeliz! Para que saber, não é mesmo? Quem sabe ela era mais feliz assim? Quem sabe ela era mais feliz que eu ou você?




Meu problema com essas leituras é que tem muito pouca ação e muito texto sem diálogo. E isso me cansa um pouco. Eu gosto de ler para me divertir e não para ficar triste junto com a protagonista, enfim.....

Essa foi minha singela opinião sobre o livro. Me desculpem se ela não é das melhores, mas ela é só a minha opinião. 

Claro que sei da posição importantérrima da autora no rol dos escritores mais importantes do planeta, por isso mesmo, pretendo muito em breve ler outros livros dela!

Beijos ♥




Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

5 comentários:

  1. Tenho muita vontade de ler esse livro da Clarisse (esse e LAÇOS DE FAMÍLIA).
    Nunca li nada dela, mas gosto muito dos textos do livros que vijo as pessoas compartilharem!
    Sou uma pessoa sentimentalmente muito REFLEXIVA, w talvez tenha sido o que atrapalhou de voce se identificar com a obras da autora, talvez não seja seu gênero, ou não nesse momento da sua vida.. Talvez deva tentar novamente daqui uns tempo, que tal?

    Beijos, Amada!
    Yasmim Ramos
    http://www.yasmimsramos.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Yasmim, tudo bem? Foi justamente isso que eu comentei com a pessoa que me emprestou...quem sabe não era o "meu momento" de ler esse livro? mas sim, pretendo ler outras obras da autora ♥
      bj

      Excluir
  2. Renata querida relaxa que eu também tenho uma relação de amor e ódio com essa escritora. Li alguns livros dela, li esse que vc resenhou, quando ainda estava no segundo grau e também me questionei o porque todos amarem seus textos. Também entendo e reconheço seu papel na literatura mas a narrativa não me fisgou, por isso até hoje não li mais nada dela. Penso em ler seus textos jornalísticos mas enfim não agora. Beijos e adorei saber sua opinião sobre a leitura!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda não tenho essa relação de amor e ódio pois só li esse, mas vou tentar buscar outros títulos para formar uma opinião melhor kkkkkkkkk
      bjs

      Excluir
  3. Fui obrigada a ler para uma prova, acho que já por isso achei absurdamente chato, acabei nem prestando TANTA atenção na leitura, até que BUM, cheguei no final. E é sério isso???? Eu não imaginava de maneira alguma que iria terminar daquela maneira, e só o finalzinho mesmo que me animou. Essas leituras clássicas me deixam sei lá... entediada (?). Só que hoje em dia, dois anos depois dessa prova, tenho vontade de ler novamente o livro, pra ver se a opinião muda, mas será? Haha
    Adorei a resenha!! Beijoos!!!

    blog-chuva-de-chocolate.blogspot.com

    ResponderExcluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo