29 novembro, 2015

{Resenha #97} Tenshi - Um anjo sem asas


Hey, pessoas, tudo bem?

Eu aproveitei o feriado da semana passada para colocar em dia todas as minhas resenhas. Explico: meu mês de outubro foi proveitoso, mas quase nada tinha saído por aqui. E todos que me conhecem sabem que ADORO compartilhar minhas opiniões sobre os livros que leio.

MAS ATENÇÃO! A resenha de hoje contém altas doses de FOFURA ♥♥♥♥

TENSHI - um anjo sem asas foi uma leitura fofa ao extremo, pois o conteúdo do livro é bem divertido e apaixonante!


Seria ele um anjo? 

Que outra explicação teria para aquele garoto surgir do nada em seu caminho, caído, ferido, frágil e desmemoriado, bem na noite de um tradicional festival? Ao encontrá-lo, a possibilidade de ajudá-lo se torna um escape para Umi, uma adolescente que enfrenta no dia a dia as dificuldades de ser diferente. E assim ela acaba, sem perceber, se envolvendo em um novo sentimento. Enquanto se esforça para descobrir quem é o misterioso garoto desmemoriado, os acontecimentos inesperados daquele verão também levam Umi a descobrir mais sobre si mesma. 

Eu sei que já falei para vocês que #estavalendo nesse post aqui, onde mostrei minha fotinho com a autora Luciane Rangel e ainda mostrei a foto do meu livro autografado. Mas como sou prolíxa, mostro tudo de novo ahahahahahaahah



Tenshi tem um quê de Sailor Moon ♥♥. Uma menina adolescente cheia de sonhos e super atrapalhada, mas que tem um coração do tamanho do mundo!

Umi é uma loirinha adolescente que vive no Japão com seus pais adotivos. Ela não sabe quem são seus pais de verdade, mas nunca pensou muito nisso. Ela obviamente sabe que é adotada pois é muito diferente de todas as meninas japonesas e bem diferente de seus pais. Ela tem cabelos ondulados e volumosos loiro escuros e olhos azuis bem grandes. É uma menina alta para os padrões do Japão, mesmo nessa idade (ela tem 15 anos). 

Umi tem duas grandes amigas, Kaori e Natsu. Elas se dão bem pois são as excluídas do colégio. Kaori, por ser extremamente brigona e mal humorada e Natsu por ter pai americano. Nas suas diferenças, as meninas se completam e ajudam umas as outras. 

Um belo dia, saindo de um festival tradicional, Umi dá de cara com um menino ferido e desmemoriado e resolver ajudá-lo. Doidinha e atrapalhada como ela só, toda essa trupe vai acabar vivendo uma grande aventura!

E não vou contar mais nada!!!!!!!


Brincadeira!!!!  Vou falar só mais um pouquinho....

Apesar de ter uma temática voltada para um público mais adolescente eu não dispenso uma boa escrita. E é o que vemos em Tenshi. Mesclando um pouco de assuntos mais sérios com situações mais divertidas acaba não cansando o leitor, pois afinal lemos por prazer. Mas podemos ver toda a preocupação de Umi com seus pais e vice versa, bem como a preocupação de seu professor da escola com sua irmã caçula depois que eles ficaram órfãos. Então fazendo essa mescla, se agrega conteúdo a história contada. 


Uma coisa muito fofa que achei no livro foram as singelas ilustrações em estilo mangá. Poderia ter mais, viu?
Elas são de uma graça singular e aparecem nos momentos certos da história. 


Super recomendo essa leitura!
Vai para os favoritos da estante! ♥♥♥♥♥ 

 

Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

4 comentários:

  1. Ôwn, sua linda! <3 Que resenha mais fofa! Amei, viu?
    E fico feliz por você ter gostado de Tenshi! ^_^
    Beijocas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own Luciane, amei ter você por aqui e ainda acho que o livro tinha que virar um mangá!!!!!!
      bjs

      Excluir
  2. Amiga fico tão feliz quando você faz uma resenha dizendo que amou a leitura é que o livro foi para lista de melhores do ano!!! Pelo que andei lendo por aqui a história parece ser bem legal. Acredito que muitas vezes livros voltados para um público mais jovem que nós acabam nos envolvendo emocionalmente justamente pela sua simplicidade e trabalho bem feito do autor.
    Eu mega indico a autora Eunice Antunes Maciel, resenhei a pouco o livro Cuidado!Onca!!! dela e simplismente amo sua escrita e criatividade. Lembrei dela quando você citou na sua resenha a escrita para um outro plublico alvo.
    Enfim amei a dica!!! beijos

    P.s. Fico feliz que tenha conseguido resenhar tudo que estava pendente, estarei por aqui prestigiando viu!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Aline, tudo bem?
      Eu confesso que não sou muito de ler infanto juvenil não, mas quando a história é bem estruturada não tem como não dar uma chance, né?
      Fico feliz com a sua visita sempre!
      bjs

      Excluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo