09 fevereiro, 2016

{Resenha #108} Onde cantam os pássaros - Evie Wyld


Hello a todos!

Nossa, eu já li esse livro há pelo menos um mês e a resenha ainda não tinha saído por aqui. Explico: não gosto de escrever resenhas por escrever, gosto de falar um pouco da história e da minha relação com a leitura, mas as vezes a inspiração não vem....Ok, que esse mês que passou não foi o caso, pois foi um mês tenso e fevereiro está sendo assim também.....Sorte que tem esse feriado de carnaval para desanuviar a mente.....

Mas voltando ao livro. Confesso que não sei muito bem o que achei dele. Assim como A Menina Submersa (que falei aqui) foi um livro que eu li e ao final eu me perguntei hein?

 
Segundo o site da Darkside, o livro vem conquistando prêmios literários tradicionais como o Barnes & Noble Discover Award, oferecido pela livraria aos novos autores de destaque, o britânico Jerwood Fiction Uncovered Prize e o mais importante prêmio australiano, Miles Franklin Award, resenhas encantadoras e inúmeros fãs por onde é lançado. 

As vezes isso me intriga! Todo mundo falando bem e você se sente meio ET quando não pode falar bem nem mal, pois ainda está digerindo a história.

Eu particularmente fiquei meio confusa, apesar de ter achado a escrita bem fluida, tanto que li bem rápido. Pode-se dizer que devorei!

Na sinopse, a fazendeira Jake White leva uma vida simples numa ilha inglesa. Suas únicas companhias são rochedos, a chuva incessante, suas ovelhas e um cachorro, que atende pelo nome de Cão. Tendo escolhido a solidão por vontade própria, Jake precisa lidar com acontecimentos recentes que põem em dúvida o quanto ela realmente está sozinha – e o quanto estará segura. De tempos em tempos, uma de suas ovelhas aparece morta, o que pode ser muito bem obra das raposas que habitam a floresta próxima à sua fazenda. Ou de algo pior. Um menino perdido, um homem estranho, rumores sobre uma fera e fantasmas do seu próprio passado atormentam a vida de uma mulher que sonha com a redenção.


No começo eu achei que seria uma história meio sobrenatural com essa história da morte misteriosa das ovelhas, mas isso é apenas um pano de fundo para a sofrida história de Jake. O livro fica se alternando entre a vida na fazenda de ovelhas e o passado de Jake, costurado de forma meio desconexa, mas que dá até para compreender parte do que aconteceu com ela e porque ela fugiu....acredito eu, que de si mesma! Logo, se for isso, ela não poderia fugir para sempre....acredito que venha daí o seu medo.

A parte da vida atual dela é tediosa, eu confesso, com a fazenda de ovelhas, muito frio, muitos ventos e uma imensa solidão. Pouca coisa acontece ali. Pelo menos pouca coisa que realmente importe. Mas a parte do passado é sombria, sofrida e triste. Embora seja essa parte onde a leitura é mais fluida, pois queremos descobrir quais fatos a levaram até onde está agora. Só que ela não conta as coisas em uma ordem muito lógica, parece que até as lembranças estão embaralhadas na cabeça dela. O passado parece embaçado! Ou seja, não dá para confiar muito na sua narrativa, o qua acaba desafiando o leitor não muito atento. Só que chega uma hora que isso cansa, pois as respostas não chegam nunca.....

Confesso que fiquei um pouco desapontada, pois como disse, achei que leria algo de sobrenatural ou meio sobrenatural. Mas não foi assim e apesar de ter curtido algumas partes da leitura, outras me encheram de chateação, justamente por se tratar de um livro premiado.

A diagramação da Darkside está linda, como sempre! 

Capa dura, borda das folhas pretas e fitinha fofa para usar de marcador. Embora não goste de rosa essa capa virou a queridinha da estante. 

E vocês, já leram Onde Cantam os pássaros?
Se leram, o que acharam?

Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

2 comentários:

  1. Oi Renata!
    Esse livro foi minha primeira leitura de janeiro.Fiquei no mesmo dilema que você.A narrativa é bem diferente,contando o passado da protagonista de frente pra trás,nunca tinha lido algo assim.
    Mas quando terminei fiquei:e agora?
    Só me restaram algumas teorias,acho que é um livro que vamos precisar reler,
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Confesso que fico meio desconfiada de livros muito premiados, porque as famosas academias etc tem um perfil e estilo de avaliar que não é a do povo, ao meu ver, gente como a gente. Então quando decido ler algo dentro dessa categoria não crio expectativa nem me preocupo se foi ou não premiado. Isso para mim não é garantia que vai me tocar e envolver.
    Relaxe amiga, o importante é que vc leu e se esforçou para formular sua opinião. E na minha opinião você não deveria reler como o Cláudio sugere no comentário acima, pelo contrário, desapega, troca enfim passa à frente, ele não funcionou!!!

    Em um primeiro momento esse livro não chama minha atenção pela capa, posso dizer que a sinopse me deixa curiosa por me parecer um suspense, mas nada que motive a leitura imediata.
    Lendo sua opinião percebi que esse vai e volta entre presente e passado me deixariam nervosa. E como assim o livro acaba e não explica o porque das coisas!!!?? Além do mais uma narrativa em primeira pessoa de uma protagonista não muito equilibrada pelo que entendi. Eu não iria gostar, provavelmente.

    Enfim gostei de saber do que se trata esse livro.
    Beijos e parabéns por ter conseguido concluir esse livro.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo