09 abril, 2016

{Resenha #118} A princesa, o cafajeste e o garoto da fazenda


Olá, pessoal, tudo bem?

Sabe aquele livro que você lê há um tempão e esquece de falar no blog? Pois bem... Esse é um desses casos! Me esqueci completamente de falar dessa leitura por aqui. Muita coisa na minha cabeça oca, né?


Mas depois eu parei para refletir e deve ser porque na minha cabeça o que mais se pode falar de Star Wars - A New Hope?

Sempre fui fã da saga! Desde sempre, eu acho! Na verdade, desde quando eu era criança lá na década de 80 (o primeiro filme é de 77) e ainda se chamava Guerra nas estrelas (traduzido, eu gostava).

Vi os filmes no cinema (os 3 primeiros da trilogia original) apenas nos relançamentos comemorativos, mas amava ver e rever na TV. Mas parece que de uns tempos para cá todo mundo resolveu descobrir Guerra nas estrelas e dar a ela uma nova geração de fãs. Acho isso muito bom! Fantástico, na verdade!

E foi assim que me senti lendo esse livro. Uma história antiga para uma nova geração de fãs. Ele é curtinho (eu achei) e até didático em algumas partes, me senti lendo o filme (isso faz sentido?).

Eis a sinopse oficial do site da editora:

Primeiro volume da série que traz a trilogia clássica de Star Wars recontada por grandes autores da literatura juvenil.


Ainda que a Aliança Rebelde tenha ganhado algumas batalhas contra o Império, a esperança está se esgotando. O Império está prestes a revelar a Estrela da Morte, uma estação bélica capaz de destruir planetas inteiros num piscar de olhos. Agora, o destino da galáxia está nas mãos de uma princesa, um cafajeste e um garoto de fazenda…
 
Essa é uma versão de Star Wars: Uma nova esperança (episódio IV) como você nunca viu. A edição vem acompanhada de ilustrações incríveis e apresenta a história original a uma nova geração de leitores, assim como fornece uma perspectiva inédita para os fiéis fãs da saga. Cada parte da narrativa é contada pelo ponto de vista de um dos três protagonistas, se aprofundando nos conflitos desses heróis que se unem para combater o mal que ameaça toda a galáxia.

Para mim a perspectiva não foi tão inédita, afinal, depois que se vê os filmes um milhão de vezes, já se sabe muito sobre eles. Mas acredito que tenha sido uma boa para novos fãs, aqueles que de repente não sabem muito bem o que Luke, Leia e Han representam, mas que os amam mesmo assim.

Não achei as ilustras assim tão fantásticas, me parecem rascunhos muito bem feitos, acho que a ideia foi essa, então curti mas não amei. Gosto de livros com ilustrações, então até acho que poderia ter tido mais um pouco, né?

O livro 2 e 3 já estão aqui comigo aguardando serem lidos. Estou bem ansiosa, quero ver o que mais se pode fazer para que essa saga seja ainda mais amada do que já é!

Beijos!

Ajude o blog a crescer e aparecer!








Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

1 comentários:

  1. Oi Renata,
    Vishe ainda não sou muito ligada no universo Star Wars, mas leria esse livro, pq né...quem sabe um pé pra curtir.
    Eu também sou super assim, esqueço de resenhar alguns livros, daí tenho que ficar relendo aqui, enquanto faço a resenha haha

    tenha um ótimo domingo.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo