23 maio, 2016

ESPECIAL Os Bridgertons - @Editora Arqueiro - Parte 2


Olá, pessoal, hoje vem trazer a segunda parte do Especial Os Bridgertons, que resolvi fazer aqui no blog....Primeiro por que amo essa família, segundo porque amo a escrita da Julia Quinn e terceiro....nós estamos quase chegando ao final dos 8 livros (Não vou consegui me recuperar, gente!!!!!!)

A Editora Arqueiro já vai lançar o livro do Gregory...

~~ suspiros ~~

Nesse post aqui eu falei até o livro 3, do Benedcit, que é o segundo irmão. Até esse livro ele era o meu irmão favorito (embora a releitura da Cinderela nem tenha me enchido tanto os olhos!).... Porém tudo mudou quando eu li sobre o Colin. É o meu livro favorito desde então! #TeamColinForever





Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres. Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade. Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum. Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente. No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz.





E assim, numa sexta-feira que de outra forma teria sido como qualquer outra, no coração de Mayfair, numa silenciosa sala de estar na Rua Mount, Colin Bridgerton beijou Penelope Featherington. E foi glorioso.

Tem uma resenha linda te esperando bem aqui! ♥♥
Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos. Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro.




Ele intensificou o beijo, ignorando o ar surpreso de Eloise quando abriu os lábios dela com sua língua. Mas isso ainda não era o que ele queria. O que desejava mesmo era o calor e a vitalidade dela por todo seu corpo, em volta e através dele, infundindo-o.





E claro, temos resenha ♥ aqui



Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca BridgertonDepois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele. Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos – a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite. Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz.

Os lábios dele tocaram os seus de leve. Era o tipo de beijo que seduzia com a sutileza, que fazia o corpo formigar e que deixava a pessoa desesperada, querendo mais. Nos recantos mais nebulosos de sua mente, Francesca sabia que aquilo era errado. Mas não conseguiria ter se movido nem se as labaredas do inferno estivessem lambendo os seus pés.

Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente. Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga. Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele. Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro... e que não há nada de tão simples – e de tão complicado – quanto um beijo.
Seus lábios se encontraram e ele não fez o correto para uma primeira vez. Não foi dócil nem doce. Simplesmente a beijou. Com tudo o que tinha, com todo o desespero que corria por suas veias.
Minha resenha para esse livro: aqui
# O livro da Francesca mostra como ela é mesmo diferente da família....aquele tipo mais afastado que existe realmente nas nossas famílias. 
# Eu particularmente adoro a troca de cartas no livro da Eloise. Engraçado que quando li o livro dela estava lendo também o da Bea, da Família dos Hathaways....ah esses romances de época.....
# Já falei o quanto eu gosto de mamãe Bridgerton, né? Mas Lady Danburry também não fica atrás não, é uma velhota simpática e muito sabida! Sua participação no último livro foi um dos pontos altos da série para mim!
E estamos nos encaminhando para o final dessa jornada. Logo logo sai o livro do Gregory e apesar da felicidade imensa que vamos sentir, sei que todos vão morrer de saudade dessa família linda e amada da literatura. Estou tentando me preparar psicologicamente para isso, mas tá complicado. Mas a Editora Arqueiro tem mais um monte de outros romances de época que são maravilhosos nos esperando. Tanto é que lançou um livreto contando todos os detalhes dos livros e seus autores ♥ Deixo aqui o link.



Minha Singela Coleção!!!!!!


E não se esqueçam, ainda tá rolando TOP COMENTARISTA nesse mês de maio. Tá acirrada a disputa, já estou montando a planilha com os posts e os comentários, para poder publicar o resultado o mais breve possível assim que acabar o mês!
E surpresa das surpresas.....acabou de sair na fanpage um super sorteio do Livro Ligeiramente Seduzidos. Olha o link aqui.

Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

6 comentários:

  1. Olá Renata;
    Finalmente encontrei seu blog para retribuir seu carinho la na Cabine.
    Apesar de ter lido poucos romances de época tenho que confessar que nos tira suspiros sem fim.
    E sua coleção é uma graça. Simplesmente me apaixonei.

    Beijos da Camila
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Camila! Tudo bem? Essa coleção dos Bridgertons é realmente uma graça, adoro os livros da Julia Quinn, eu espero que a editora resolva publicar outros da autora!
      bjs e bem vinda!

      Excluir
  2. Também sou apaixonada por essa família, ainda não li todos, da aquele medo de não se desapegar... bem que essa família poderia ter uns 20 filhos né ? rsrs
    Julia Quinn é uma ótima escritora, foi ela que me fez se encantar por romances de época, que antes eu pensava que não passava de histórias sem-sal, como eu estava enganada...
    Achei digno uma atenção a mais para a super Lady Danburry

    ResponderExcluir
  3. Você sabe se esse livreto será só virtual, ou irão imprimir e nos enviar!!???
    Essa sua postagem ficou linda, cheia de fotos e imagens como mais gosto e concordo com suas observações. Também amooo o Colin!!!
    Vamos ao último livro da série e aos novos que virão.
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  4. Sempre bate aquela tristeza ao terminar uma série né? Ao mesmo tempo a gente quer devorar e prolongar a leitura para que não acabe <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou louca para ler esse livro! Mas isso aí, triste por acabar
      bjs

      Excluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo