18 maio, 2016

{Resenha #128} Ligeiramente Seduzidos - Mary Balogh


Quando você pensa que amou um livro, vem o seguinte e coloca tudo por terra. A leitura que vou compartilhar com vocês hoje é do 4º Livro da Série Ligeiramente, da autora Mary Balogh, publicada pela Editora Arqueiro. Esse é o primeiro livro que resenho em parceria com a editora, mas como vocês podem ver aqui, o amor é antigo!



Jovem, estonteante e nascida em berço de ouro. É apenas isso que Gervase Ashford, o conde de Rosthorn, enxerga em Morgan Bedwyn quando a conhece, num dos bailes da alta sociedade inglesa em Bruxelas. Em circunstâncias normais, ele não olharia para ela duas vezes – prefere mulheres mais velhas e experientes. Porém, ao saber que Morgan é irmã de Wulfric Bedwyn, a quem Gervase culpa pelos nove anos que passou longe da Inglaterra, decide que ela é o instrumento perfeito para satisfazer seu desejo de vingança. Mas Morgan, apesar de jovem e inocente, também é independente e voluntariosa e, assim que entende as intenções do conde, se prepara para virar o jogo e deixar claro que não se deixará manipular por ninguém. 
Esse é o quarto livro da série e assim como outras séries familiares publicadas pela Editora Arqueiro cada livro fala da situação romântica de um irmão em especial. Agora é a vez da Morgan, a caçula dos Bedwyns...e diga-se de passagem, a que não tem o nariz característico deles...ahahahaha....essa parte me fez rir, eu confesso!


Aqui temos uma história bem clichê, o mocinho quer se vingar de alguém e para isso usa uma pessoa da família dele, uma pessoa a quem o "inimigo" ama. Nesse caso, Morgan, a caçula da família. O inimigo em questão é Wulfric Bedwyn, o Duque de Bewcastle e na verdade não precisamos pensar muito para imaginar o motivo de tanta raiva. Wulfric não é flor que se cheire, como bem sabemos....mas a situação é um pouco pior para Gervase....
Mas voltando ao tópico clichê...a questão em como a história é contada que vai nos fazer amar ou odiar. E não conseguimos odiar quando se trata de Mary Balogh. Tendo uma escrita bem dela, ela nos transporta para dentro da história de forma tal que nos apaixonamos! Pelo menos foi assim comigo desde o primeiro livro. Eu amo o Ligeiramente Casados, gosto mesmo, embora todos digam que é o mais chato pois é meio lento. Mas gosto como o romance é conduzido, como as pessoas chegam a se amar perdidamente. Isso não se dá da noite para o dia, como algumas histórias tentam nos fazer acreditar....o amor nasce dos pequenos gestos, conosco ou até mesmo com o próximo.


Morgan é jovem, é verdade, mas já viu tanta coisa acontecer com os irmãos, que ela meio que tem muita experiência de vida. Não vida em si, pois ela só tem 18 anos. Mas seus pensamentos e atitudes são bem maduros. E acho que isso que atrai o conde em primeiro lugar. E claro, ele não esperava ser seduzido pela moça ahahahaha.....não esperava mesmo. Esperava mais uma linda cabecinha preocupada com bailes, valsas, fitas e vestidos. E quando as coisas não são como ele pensa...ahahahah, foi flechado! 
Apesar de ter amado Morgan dando uma de Scarlet O'hara (quem viu ou leu, saberá do que falo) achei as partes que falam da guerra meio chatas. Isso me aborreceu um pouco e retardou minha leitura. É que sou meio lenta para entender guerra e política, daí já me estresso, pois tenho que ler e reler para captar a mensagem. Mas fora isso, AMEI mais essa história, estou ansiosa pelos demais!

Minha singela coleção da Série Ligeiramente... ♥
Mary Balogh realmente sabe nos contar histórias e aqui temos coisas que as vezes não vemos com tanta graça nos romances. Temos uma trama repleta de traição, vingança, escândalo e sedução. Mas ao mesmo tempo ela nos mostra o caminho da redenção. Como se redimir dos erros do passado? As vezes o caminho para o amor não é um conto de fadas perfeito, ele pode ser difícil, mas no final das contas a recompensa sempre faz cada passo valer a pena. E sempre vale mesmo!
 Visite o site da Editora
Livro cedido em parceria com a Editora Arqueiro, mas as opiniões postadas aqui são sempre as mais sinceras possíveis!
Todas as fotos postadas aqui são de minha autoria!


Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

2 comentários:

  1. Muito bom ter parceria com uma editora boa como a Arqueiro né? amo os romances de época deles, infelizmente este série eu ainda não li, mas tenho o primeiro livro que está na meta de leitura para 2016, amo quando os livros de uma série de época são narrados por diferentes membros de uma família, me lembra um pouco os livros da Julia Quinn, assim podemos acompanhar o outro membro da família mesmo depois de ter lido o livro narrado por ele, até porque não é fácil se desapegar de certos personagens, eu acho que no fundo todo livro tem um pouco de clichê, que as vezes cansa se não for bem narrado, o que não parece ser o caso desse livro, amei a resenha e vou passar o 1° da série mas para frente na minha listinha

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que eu já disse aqui que amo esse gênero, mas até agora eu ainda não li nada da Mary Balogh. Eu até tenho o Ligeiramente Escandalosos, mas eu ainda não li pois quero ler na ordem certinha.
    Eu acho que romance de época são os livros que mais apresentam clichês, mas os que diferencia um dos outros e o que me encanta, é como a autora conduzem eles.
    Amei a resenha e eu não sabia que esse livro retratava um pouco sobre as guerras, e como gosto bastante desse assunto, acho que vou gostar ainda mais dessa leitura. Beijo :)

    ResponderExcluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo