09 junho, 2016

{Resenha #135} Maldito, A biografia do Zé do Caixão - Darkside Books


Olá, tudo bem? Vocês sabem que eu estava lendo a Biografia do Zé do Caixão. Digo lendo, pois finalmente acabei. Demorei tanto nessa leitura que estava até fazendo um diário de leitura (leia aqui e aqui). Acho que levei uns 3 meses para concluir. Explico: primeiro é uma biografia, não é uma história com começo, meio e fim. Segundo, estava lendo cada dia um pouquinho antes de dormir, pois estava intercalando com leituras de parceria. Mas o que importa é : ACABEI! E posso dizer, foi o livro mais longo que já li até agora. Isso porque Duna tinha umas 500 páginas, mas esse tinha mais de 600.....


Que o Zé do Caixão é um personagem de terror brasileiro isso tudo mundo sabe, mas será que o grande público sabe que ele é super admirado lá fora? Será que sabem da importância do personagem para o cinema nacional? Ou da importância do criador e sua contribuição para a indústria cinematográfica?

Zé do Caixão é esse  personagem estranho, criado por José Mojica Marins, após um pesadelo com um coveiro que viria arrastar a sua alma para o inferno. Daí ele teve o insight de criar um personagem bem brasileiro ao melhor estilo Drácula e outros monstros diversos que ele conhecia desde criança.

Mas a vida de José Mojica foi bem pobre, com poucos recursos, mas nada que o impedisse de amar e tentar respirar cinema sempre que pudesse. Mas apesar de muita lábia e muito talento, um talento raro e natural, ele era muito desorganizado e irresponsável e isso foi grande parte da sua ruína. Apesar de bem cultuado e elogiado hoje, tanto criador quanto criatura já foram motivo de chacota pelo Brasil afora. Ele tomou muitos tombos e teve que se reerguer várias vezes...quase como uma fênix renascendo das cinzas.


Zé do Caixão é um personagem bem sádico e amoral, ele não crê nem em Deus nem no Diabo e passa a vida procurando uma "mulher perfeita" para dar continuidade ao seu sangue. Do mal, não? Nessa busca ele está disposto até a matar para conseguir seus objetivos.

Pensa nisso em filmes na década de 60, em plena ditadura? Foi censurado, né? Básico! Os críticos e entendidos de cinema dizem que ele tem um jeito bem cru e direto de passar sua mensagem. Uns o amam e outros odeiam.



Eu lembro que achava graça quando era criança, principalmente das unhas imensas que o personagem tinha. E não eram unhas postiças, eram unhas dos próprio intérprete, José Mojica Marins!!!!! Mas gostava do personagem, todo vestido de preto, impecável....e que de certa forma me lembrava mesmo o Drácula super elegante de Bela Lugosi!

José Mojica Marins é quase tudo que se possa imaginar, cineasta, ator, roteirista de cinema e tv. Embora seja basicamente diretor de terror, teve outros filmes como faroestes e até pornochanchadas (nos tempos das vacas magras). Seu estilo ÚNICO de filmar lhe concedeu um baita desprezo dentro de seu próprio país, mas após seus filmes começarem a ser reverenciados no cenário cult internacional o povo daqui começou a lhe dar valor (o povo aqui só dá valor para coisa gringa, triste, não?).

Eu nunca vi os filmes dele. Mas lendo sobre eles fiquei com uma baita vontade. Mas não sei se tenho estômago! É barata, cobra, aranha, morcego....tanto bicho estranho atacando as pobres vítimas que acho que vou passar mal. Tem um com uma mulher saindo de um porco...ai meu Deus!!!!!!! Vou mesmo passar mal....ehehehehe

Achei essa imagem da cena verdadeira e uma bela ilustração da ação. ♥♥♥



Enfim....apesar de ter sido uma leitura demorada foi extremamente prazeirosa, pois o livro é super bem escrito, uma delícia de se ler! Para quem gosta de terror e cinema realmente vale a pena. E claro, para quem gosta do personagem também. Pois se a pessoa não gosta, não vai querer saber mais sobre ele. 

Os jornalistas André Barcinski e Ivan Finotti estão de parabéns, pois desenterram todos os segredos do passado de José Mojica, da infância humilde nos subúrbios de São Paulo até sua consagração internacional. Então só isso já vale a pena a leitura!

Essa biografia foi publicada originalmente em 1998 e estava há muito tempo fora de catálogo. Ainda bem que a Darkside resolveu relançar. E nessa edição super luxuosa, como vocês puderam ver nas fotos. Capa dura, toda linda, com fitinha marcadora, um primor!



Eu fiquei super a fim de ver a minisérie baseada nesse livro que passou no canal Space. O ator Matheus Nachtergaele que interpretou o personagem e o seu criador, que muitas vezes se confundem numa pessoa só!


Resumo, vale muito a pena, recomendo! 
E desculpem pelo post gigante, mas vale muito a pena falar desse livro, pois foi uma ótima aquisição para a minha estante ♥

E não esqueçam do sorteio do TOP COMENTARISTA!
Beijos!

Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

1 comentários:

  1. Amiga estava acompanhando sua leitura desse livro e poder conferir suas impressões finais foi maravilhoso. Achei mega interessante conhecer um pouco mais sobre esse homem e sua criação.
    Antigamente eu via um programa com ele na MTV, se não me engano, era muito interessante e cheio de detalhes sobre os filmes e como ele era importante para produção nacional.
    Também ficava incomodada com suas unhas, lembro que fizeram até uma matéria quando ele decidiu cortar as mesmas porque (parece) estava dando uns problemas nas mãos dele. Enfim, esse personagem marcou história. Parabéns pela leitura. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!

    ResponderExcluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo