22 outubro, 2016

Só Tim Burton poderia dirigir O Lar das Crianças Peculiares


Essa estreia está bombando, gente! O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares ganhou filme que estreou em setembro (dia 29).  E o melhor? Só poderia mesmo ser um filme do Tim Burton! (quem não ama?)

Após a estranha morte de seu avô (Terence Stamp), o jovem Jake (Asa Butterfield) parte com seu pai para o País de Gales. Lá ele pretende encontrar a Srta. Peregrine (Eva Green), atendendo ao último pedido do avô, que lhe disse que "ela contará tudo". Só que, ao chegar, descobre que o local onde ela viveria é uma mansão em ruínas, que foi atingida por um míssil durante a Segunda Guerra Mundial. Ao investigar a área, Jake descobre que lá há uma fenda temporal, onde a srta. Peregrine vive e protege várias crianças dotadas de poderes especiais.


Aqui o filme ganhou o nome de O lar das crianças peculiares e já está sendo considerado o MELHOR filme de Burton em anos! Eu sou suspeita para falar pois AMO os filmes dele....



Não li o livro (ou os livros, pois é uma série), logo não fui ver o filme ainda, pois quero muito ler antes de ver para não me influenciar....Sabe como é, leitor que se preze sempre lê o livro antes de ver o filme! ♥

Porém, desde que se começou a falar dessa adaptação eu fiquei bem curiosa, pois a história tem um teor meio mágico e sombrio, logo a cara do Tim Burton! A fotografia e a reconstituição da época estão com cara de que estão arrasando! 




Muito ansiosa para ler e ver! E vocês? 

Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo