09 maio, 2017

{Resenha #185} Ligeiramente Perigosos - Mary Balogh



Eu confesso! Eu tenho (ou melhor tinha) outros livros na frente para ler, mas quando o Wulfric chegou na minha casa, da parceria com a Editora Arqueiro, toda a minha "programação" foi para o brejo.  

Oi? Mary Balogh terminou a série tão diva quanto começou. Eu amei o primeiro livro e depois dele apenas gostei dos outros, sempre tinha uma coisa ou outra que me deixava: é, li, né? Gostei deles, gostei mesmo, mas nenhum me fisgou como primeiro: Ligeiramente Casados...até agora....

Wulfric Bedwyn é sem dúvida inspirado no Sr. Darcy, pelo menos um pouco ahahahahaha


Aos 35 anos, Wulfric Bedwyn, o recluso e frio Duque de Bewcastle, está ávido por encontrar uma nova amante. Quando chega a Londres, os boatos que correm são os de que ele é tão reservado que nem a maior beldade seria capaz de capturar sua atenção. Durante o evento social mais badalado da temporada, uma dama desperta seu interesse: a única que não tinha essa intenção. Christine é impulsiva, independente e altiva – uma mulher totalmente inadequada para se tornar a companheira de um duque. Ao mesmo tempo, é linda e muito, muito atraente. Mas ela rejeita os galanteios de todos os pretendentes, pois ainda sofre para superar as circunstâncias pavorosas da perda do marido. No entanto, quando o lobo solitário do clã Bedwyn jura seduzi-la, alguma coisa estranha e maravilhosa acontece. Enquanto a atração dela pelo sisudo duque começa a se revelar irresistível, Wulfric descobre que, ao contrário do que sempre pensou, pode ser capaz de deixar o coração ditar o rumo de sua vida.

O que dizer?? EU AMEI!!!!! E esperava mesmo um final feliz para ele, afinal ele foi o grande patriarca da família durante tantos anos... Então agora que está todo mundo casado com seus respectivos maridos e esposas e proles, já estava na vez dele, né? Não que ele se importasse afinal tem o Aidan, que pode ser facilmente o herdeiro dele....mas ele merecia mais. Muito mais....

O Duque de Bewcastle pode ser apaixonado e apaixonante. E pela mulher menos provável da face de terra. Nada de jovenzinnhas virgens e sem sal para ele, ele precisava mesmo de uma pessoa um pouco mais velha, mais madura, que realmente entenda quem ele é. E Christine fez isso muito bem, apesar de ser sem a mínima intenção....


Participação especial na minha foto...Mãe, me empresta??

No começo eu me irritei um pouco, nada a ver a mulher ser totalmente desastrada e estabanada ahahahahahah, parecia que tudo acontecia com ela. Mas foi bom, pois deu um tom leve a história, que poderia ser sisuda como o Duque. E também teve muito mais texto do que o normal, mais texto que diálogo, isso me irrita um pouco também, pois eu "perco"....mas passou! E como passou! Vencida essas coisinhas, minha leitura foi só alegria 💓💕💗💘

Não vou me deter muito pois se não vai rolar spoiler, mas o que foi aquele pedido de casamento??? Meu deus, até engasguei lendo, meu marido para mim: tá maluca?

 Ops, tá faltando alguém importante nessa foto...Será um Duque??






E por fim, o Duque de Bewcastle: Wulfric Bedwyn....

Mary Balogh guardou mesmo o melhor para o final. E que final !!!!!!!!!


Eu Leio Arqueiro e você???

Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo