23 maio, 2017

[Resenha]: Luz & Sombras — de Aldo Costas

Eu recebi essa lindeza dias atrás, do autor Aldo Costas (P.S: Obrigada, Aldo!). Sendo assim, apresento-lhes um trabalho diferente dele, ou seja, parte do seu portfólio Old School, uma edição limitada publicada pelo Selo Nexus-6 Books. Vem junto conferir a sinopse, um vídeo/apresentação e resenha do livro "Luz & Sombras". 

Sinopse: Nestes 13 capítulos você encontrará uma pequena amostra do "processo"; de como a arte caminha lado a lado com o cotidiano... De como o tempo nos redireciona para vários lugares e caminhos nunca antes concebidos. Mesmo que sempre tenhamos um plano em mente o "destino" irá sussurrar melodias sedutoras nos nossos ouvidos, ou então irá martelar ideias absurdas na nossa mente. De uma forma ou de outra ele te levará para lugares nunca antes imaginados... Tudo está misturado em páginas sem numerações e rascunhos sem ordem cronológica. Não importa a ordem evolucionária: porque nem o tempo e nem a classificação importam. Tudo o que é preciso saber é que o rabisco mais velho é de 1975 e que o mais recente é de 2013... Da dark fantasy ao protesto urbano.


 

"Porque a arte está nas pontas dos dedos
e no balanço do coração"  

Literalmente: Uma obra de arte! 

Trata-se de um livro recheado de artes. Para quem não sabe, o Aldo é provido de talentos, seja como autor, capista — e claro, também com seus esboços permeados em mensagens: algumas ideológicas, outras poéticas, e tantas outras em forma de protesto.

(Livro, marca páginas e sacolinha enviados pelo autor) 

Neste exemplar o leitor ficará de frente com o processo de criação do autor, onde há diversas artes em técnica mista, grafite, esferográfica, nanquim, lápis de cor, caneta de hidrográfica, óleo, acrílica e esmalte sintético. São pinturas — ou rabiscos, como diz o artista — datados de 1975 à 2013. Ao total são 13 capítulos, todos com título e subtítulo (ambos lapidados com verdade e coração). Os capítulos levam um texto condizente com o que virá a seguir: suas artes. Agora deixarei três quotes, cada qual de um capítulo. Bem-vindos ao mundo de Luz & Sombras!

CAPÍTULO 5 ROSTOS... E SE FAZ A FORMA E A FACE...


Um retrato é um piscar de olhos"... Uma forma, um detalhe, uma expressão, um olhar. Tudo isso tem que fazer parte de um todo para que esteja se reproduzindo um indivíduo, uma pessoa. Todas têm algo especial e diferente; algo que a destaca das demais na multidão. Única, marcante e pessoal. Para se desenhar rostos é necessário gostar de proporções, de composições e detalhes. Tem que gostar de observar, para tentar reproduzir, mesma que seja como uma lembrança ou como uma caricatura.


CAPÍTULO 6 SOMBRAS... O PRINCÍPIO DA FORMA E DA DEFORMAÇÃO.


"E o caminho foi descrito com traços e ranhuras"... Luz e sombras; os dois lados de uma ilustração conceitual. A vanguarda não exige o conceito e o clássico não exige mudança. Um complexo e determinante ponto de vista. Uma direção que te leva para frente ou para trás. Uma vontade, uma necessidade ou uma paixão. A arte é tudo isso e nada disso. É tão livre quanto o artista pode ser e tão obscuro quanto ele deseja ser. São todos os lados de um mesmo objeto, ou sentimento, ou desejo..."  


CAPÍTULO 11 AMNÉSIA MORAL... UM PEQUENO CAPÍTULO DE ALGUMAS VIDAS.


"A mão que impunha a Bandeira indica também a rebelião"... Capas, "flames" e rótulos irônicos. O mundo da arte tem desses dissabores, esses percalços estéticos. Assim poderíamos ver apenas o que queremos ver, riscar o que necessitamos riscar, compreender o que não conseguimos entender. Assim entramos em um novo universo de antiarte, de anticonformismo. Arte ao som dos acordes simplórios e batidas cadenciadas. O subterrâneo das casas em choques mentais. É a trilha sonora do inconformismo e cotidiano. É a arte a serviço da indignação." 


O que dizer sobre esse livro?! Na verdade há muito o que dizer... Começando pelo talento do Aldo, algo que observo há tempos: um conjunto de pensamentos, um martelar de ideias cotidianas expressadas em desabafos, nesse caso em figuras/artes. Às vezes com sutileza e um farfalhar poético; outras tantas com agressividade e protesto. Entretanto, o conteúdo deste livro é sentenciado com verdade: um circundar pessoal. Além dos textos e artes, há também alguns contos bem legais, que já foram publicados em algumas antologias. Por fim: só tenho a parabenizar o autor pelo exímio talento, além de agradecer por ter enviado esse lindo presente. A propósito, além do exemplar e os mimos, o Aldo me presenteou também com um grafite meu, na folha em que fez a dedique. S2 E tem mais: ele me citou em agradecimento na última página, pelos contatos (P.S: Aldo, eu que sou grata!).




✔ Para adquirir o livro direto com o autor, clique AQUI
✔ Para adquirir o livro pelo site, clique AQUI


Livro: Luz & Sombras 
Autor: Aldo Costas 
Gênero: Literatura e Arte Brasileira 
Editora: Nexus-6 Books 
Ano: 2013 
Páginas: 240 


Abraços literários,
Simone Pesci 
http://simonepesci.blogspot.com.br/

Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

2 comentários:

  1. Super diferente! Tão bom "fugir do lugar comum" com as leituras!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIM, Re!
      É ainda mais prazeroso quando se depara com um talento exímio de um amigo.

      Beijossss

      Si Pesci

      Excluir

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo