27 outubro, 2017

{Resenha #215} Sexta-feira 13 - Arquivos de Crystal Lake


Esse mês de outubro teve uma sexta-feira 13. E não foi uma sexta-feira 13 qualquer não. Mês das bruxas, Mês do terror, Mês que a Darkside faz aniversário (5 anos dia 31, como passa rápido, né?). E como não poderia deixar de ser, antes tarde do que nunca, eu trouxe uma "resenha" de um livro há muito tempo parado aqui na minha singela estante.


Quando eu fiz sorteio desse livro ano passado eu comprei um para mim também, mas nunca parei para ler...até agora! Para algum louco que de repente não sabe, Sexta-Feira 13 (ou Friday the 13th) é uma longa série de filmes de terror, criada pelo diretor Sean Cunningahn e que já conta com 12 filmes (incluindo Freddy x Jason).
O primeiro filme é de 1980, o ano em que eu nasci, ou seja, nesse ano de 2017 nós completamos 37 anos!!!!!! Todos os outros, exceto o primeiro e o quinto, estrelam Jason Voorhees como o assassino em série. O personagem acabou por se tornar um ícone dos filmes de horror. Um verdadeiro ícone pop, assim como tantos outros!


Jason Voorhees nasceu em 13 de junho de 1946, uma sexta-feira. Tem 1,96 m de altura. Filho de Pamela e Elias Voorhees, todos pensavam que o menino com problemas mentais havia morrido afogado em Crystal Lake, em 1957. Sua mãe, que trabalhava no acampamento como cozinheira, teve um surto e trucidou os monitores e demais adolescentes que estavam no camping, alegando que teriam negligenciado os cuidados com o garoto.


Uma garota, porém, consegue debelar a sua sanha homicida, decapitando-a com um facão. Contudo, o finado Jason ressurge para vingar a morte de sua mãe e passa a fazer o seu papel de homicida nos demais filmes da série Sexta-Feira 13.


Assim.... como Jason morreu criança e voltou adulto assassino com um facão eu confesso que não sei, embora já tenha parado para pensar no assunto várias vezes...ahahahahahah....Mas o que importa aqui nem é o banho de sangue e sim como um filme com um orçamento singelo virou cult e está no imaginário popular há mais de 30 anos!


O livro nada mais é do que um livro de bastidores, onde a gente entende todos os processos de criação, produção e filmagem do primeiro filme, o eterno Sexta-Feira 13, de 1980. Fotos inéditas e centenas de depoimentos dos atores, membros da equipe e de fãs que também se destacaram no mundo do terror. 

Como eles conceberam a ideia e como fizeram vários efeitos, afinal, é muito sangue, cabeças decapitadas e afins.... Por isso que eu falei "resenha"....Não é propriamente uma história com começo, meio e fim. É uma espécie de livro de memórias, obrigatório ter na estante dos amantes de filmes cults e clássicos!!!!










Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo