02 outubro, 2017

Stephen King em Quadrinhos é muito Darkside!


Hello, galera! Como vão?? Espero que bem!!!!! Como sabem, a Darkside Books, a caveirinha mais amada do Brasil, está perto de completar 5 anos juntinho da gente e uma das surpresas que eles preparam para comemorar com os leitores é para lá de especial!

Um momento especial para dividir com os leitores do coração: o mestre Stephen King está em casa.


STEPHEN KING EM QUADRINHO É MUITO DARKSIDE®

Depois do relançamento especial da biografia Coração Assombrado, que já li e já fiz resenha por aqui (confere lá) a Darkside Books desenterrou uma das publicações mais originais de Stephen King. É com prazer mórbido que a DarkSide® Graphic Novel anuncia o lançamento de CREEPSHOW, a primeira HQ escrita pelo autor. 

Numa edição capa dura pra guardar para sempre, CREEPSHOW reúne cinco histórias de arrepiar, duas delas adaptadas de contos que King já havia publicado: "Weeds" e "The Crate". Usando um decrépito narrador morto-vivo, o autor de It, a Coisa e Torre Negra soube recriar o clima dos gibis malditos que o assustavam quando ainda era um adolescente rebelde no estado do Maine. 



Tudo começou em 1982. King juntou forças com outro gênio das sombras, o diretor George A. Romero (A Noite dos Mortos-Vivos), para realizarem um filme inspirado em quadrinhos clássicos dos anos 1950, como Contos da Cripta, da EC Comics.

O longa-metragem marcou a estreia de King como roteirista — e, curiosamente, sua segunda aparição como ator. Creepshow (que no Brasil ganhou o subtítulo Show de Horrores) se tornaria um cult movie instantâneo. E, no mesmo ano, Stephen King quis deixar ainda mais explícita sua homenagem à fonte original.

Assim, ele adaptou seu roteiro de cinema para os quadrinhos, contando com a arte do magistral Bernie Wrightson, um dos criadores e primeiro ilustrador de O Monstro do Pântano, e capa de Jack Kamen, autor da EC Comics.


A história em quadrinhos era a maneira perfeita para os fãs reviverem todos os pesadelos do filme em casa. Trinta e cinco anos depois, você pode fazer o mesmo — até porque o mais provável é que sua fita VHS já esteja desmagnetizada.

Dark hugs para vocês!!!!


Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo