26 novembro, 2017

{RESENHA #222} Coluna de fogo - Ken Follett - Ed. Arqueiro


Hello, pessoas, como vão??? Como devem saber quem me acompanha lá no face ou insta eu estou lendo Coluna de Fogo já tem um tempinho...perdoa a pessoa, o livro tem 800 páginas, gente! Acho que foi o maior livro que já li na vida...Portanto demorei um pouco né? - não me julguem ahahahaha


Em 1558, as pedras ancestrais da Catedral de Kingsbridge testemunham o conflito religioso que dilacera a cidade. Enquanto católicos e protestantes lutam pelo poder, a única coisa que Ned Willard deseja é se casar com Margery Fitzgerald. No entanto, quando os dois se veem em lados opostos do conflito, Ned escolhe servir à princesa Elizabeth da Inglaterra. Assim que Elizabeth ascende ao trono, a Europa inteira se volta contra a Inglaterra e se multiplicam complôs de assassinato, planos de rebelião e tentativas de invasão. Astuta e decidida, a jovem soberana monta o primeiro serviço secreto do país, para descobrir as ameaças com a maior antecedência possível. Ao longo das turbulentas décadas seguintes, o amor de Ned e Margery não arrefece, mas parece cada vez mais fadado ao fracasso. Enquanto isso, o extremismo religioso cresce, gerando uma onda de violência que se alastra de Edimburgo a Genebra. Protegida por um pequeno e dedicado grupo de talentosos espiões e corajosos agentes secretos, Elizabeth tenta se manter no trono e continuar fiel a seus princípios.


O site da Editora Arqueiro informa que o autor já vendeu mais de 150 milhões de livros no mundo todo! 😱😱😱😱 É muito livro! Mas agora que eu de fato conheço a escrita dele, posso facilmente entender o porquê....

Coluna de fogo vem depois de Pilares da Terra e Mundo sem Fim, todos ambientados em Kingsbridge. Logo pensei, de novo Renata? Mestre em ler os livros fora de ordem....Mas essa não é uma continuação propriamente dita e sim uma continuação da linha do tempo (Pilares da Terra, por exemplo se passa no século XII - vi só a série da Netflix ♥).

Bom, foi o primeiro livro dele que eu li e com certeza ele é um fantástico contador de histórias... e histórias grandes e com muita gente, quase me perco! hahahahahah - e muitas vezes me perco mesmo.....Ainda mais que as vezes só tem texto, texto, tá igual Stephen King??? ahahahaha

Mas não....a construção dessas histórias com certeza deram muito trabalho para o autor, pois achei extremamente elaboradas nos quesitos História do Mundo e entendimento do pensamento das pessoas, para o bem ou para o mal. Uma riqueza de escrita e ambientação! Fiquei apaixonada!!!! Por exemplo, essa própria guerra entre católicos e protestantes rende ótimas e intricadas histórias e pelo que eu percebi o autor sabe aproveitar os conflitos muito bem...O cara é mestre de ambientar histórias nos maiores conflitos da humanidade!!!!


No começo do livro temos um check list dos personagens, o que ajuda bastante os leitores meio desorientados como eu. Quando no primeiro capítulo Ned só quer voltar para Margery eu quase imaginei que fosse ser um romance daqueles, intensos, arrebatadores, estilo Shakespeare ♥♥♥....Não me enganei! Mas os propósitos são outros!

De cara logo percebemos o conflito familiar dos Fitzgeralds, que querem arranjar outro marido para ela, não Ned! Um marido de mais posses, de mais ascensão na sociedade. Um conde! O livro é divido em 5 partes e cada uma dessas partes cobre anos específicos da história do mundo, e claro da vida de Ned e de pessoas próximas a ele (Começa em 1558 e vai até 1606). E nesse longo período de tempo o conflito religioso é imenso, carro chefe da história mesmo, tudo orbita em torno desse conflito entre católicos e protestantes. 

Não posso dizer que é uma história policial, mas é quase isso! A rede de "espiões" ou "espionagem" que Ned participa é digna de histórias policiais. Assassinatos, traições, sede de poder...tudo isso vemos em Coluna de Fogo. 

Gostei muito de como o autor delineia a personalidade de cada um dos personagens, até dos mais coadjuvantes, como Odette por exemplo, se é que existe coadjuvantes nessa história. Todos se interligam de alguma forma, não posso falar demais, para não soltar algum spoiler....Todos nos parecem pessoas comuns, com defeitos, qualidades, ambições. O relacionamento de Ned com a Rainha Elizabeth da Inglaterra é cheio de uma confiança que não sei se outro autor seria capaz de transmitir. 

Como eu falei, o livro cobre muitos anos da vida daquelas pessoas e o extremismo religioso parece que nunca terá fim...Você vai amando alguns personagens e torcendo por eles ao longo das páginas, pois dado as convicções de cada um (religiosamente falando) fica complicado de saber qual será o seu final.



Não tenho palavras para descrever todo o fascínio e contentamento ao finalizar esse primeiro livro que leio do Ken Follett, quero ler os outros, provavelmente serão igualmente fascinantes!


Compre na Amazon:

Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo