{Resenha #229} Troopers da Morte - Joe Schreiber


A pergunta que não quer calar: O que faz com uma história STAR WARS ambientada num cenário ZUMBI???


Nesta intrigante e singular história de terror, consagrados heróis da saga terão de enfrentar pesadelos imensuráveis. Quando a nave-prisão imperial Purgação – residência temporária de quinhentos dos mais cruéis assassinos, rebeldes e ladrões – quebra em um ponto isolado do espaço, a única esperança da tripulação parece estar em um destroier estelar encontrado vagando no vazio. Uma equipe de inspeção é então enviada à nave abandonada, em busca de peças para o conserto da Purgação. No entanto, somente metade dos integrantes da equipe retorna... trazendo consigo uma terrível doença, tão letal que, em questão de horas, quase toda a tripulação a bordo do Purgação morre dos modos mais assustadores. E a morte é apenas o começo.



Somos apresentados a alguns personagens importantes logo de cara. Kale e seu irmão Trig. Eles são prisioneiros da Purgação junto com o pai, que morreu uns dias antes. A Dra. Zahara Cody é a chefe da equipe médica e está refletindo sobre sua vida e sua função ali. E há Sartoris, o capitão da Guarda que quer meter o pé e largar tudo aquilo para trás...(certo ele, não?).

O começo do livro é bem descrito no que se refere a nave prisão. Fiquei imaginando "Nossa, uma nave prisão do império"...imagina como dever ser isso??? Enfim.....E então começa a jornada...


Pela primeira vez desde que entraram na nave, os motores haviam parado.

Não tem muito mais história que isso, a nave quebra, eles acham uma outra nave a deriva no espaço e uma equipe é destacada para catar aluma coisa de útil, final, quem tá ligando para uma nave prisão com 500 prisioneios dos mais tenebrosos vagando no espaço? O império que não é, né?

Só que nem todo o grupo de descida volta e os que voltam trazem consigo, bom.....já deu para saber, né? A partir daí os sobreviventes lutam pela vida dentro da Purgação. Dois personagens muito amados e queridos da saga aparecem aqui! ♥♥♥

Olha... eu li resenhas depois que li esse livro, ainda bem....porque se não ia estragar a surpresa e a resenha nem falou que tinha spoiler, tá? Nada a ver! Tira toda a graça de quando eles aparecem!



Então eles estão lá MARAVILHOSOS como sempre, ajudando quem sobrou e lutando por sua liberdade (de novo, né?).

A Dra. Cody tem um dróide médico que eu adorei, Waste. Adoro esses personagens assim, ele é uma inteligência artificial. Adorei os diálogos dos dois. Sempre curto muito os personagens que são "robôs". Acho que o personagem que mais se aprofundaram foi a Drs. Cody, já que ficamos sabendo muito da vida dela, e outras coisas dá para imaginar...

Então as mortes vão acontecendo uma a uma, toda a equipe de inspeção que retornou da nave. Ela começa a investigar as possibilidades. Ela e o robô.

Não tem nada demais no livro, é uma leitura rápida, curta, até divertida se querem a minha humilde opinião, sabem?  

As naves param, são abandonadas pela frota, deixadas para trás. O Império não gosta de falar disso, mas existem muitas assim.



Aceito de presente, ok?


Os capítulos são curtos, não te deixam entediada. E o MELHOR de todos é com certeza o capítulo 18 ♥♥♥

Essa história faz parte do Universo Expandido, o famoso universo expandido, que tem história para caramba! Umas realmente importantes dentro do contexto da saga, e outras apenas para a gente se divertir!

Eu achei uns sites realmente muito interessantes sobre esse universo expandido e vou deixar os links aqui caso alguém queira ler também.


Esse livro faz parte do Legends. Eu comprei um do Han Solo e um do Kenobi, mas ainda não li...quem sabe mais para a frente....





Nenhum comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥