[Resenha]: A FORÇA QUE NOS ATRAI — de Brittainy C. Cherry

A minha segunda leitura de 2018 não poderia ser melhor, afinal, trata-se do último livro de uma série que AMO, escrito por uma autora que tornou-se uma das minhas queridinhas. Eu ganhei esse presente de Natal da Renata Pereira, amiga e administradora aqui do blog (P.S.: Obrigada, Re!). 💘💘💘 Confira agora a sinopse e o meu parecer sobre "A FORÇA QUE NOS ATRAI", último livro da "Série Elementos", escrito por Brittainy C. Cherry e publicado pela editora Record. Chega mais! o/ 

Sinopse: Graham e Lucy não foram feitos um para o outro. Mas é impossível resistir à atração que os une. Graham Russel é um escritor atormentado, com o coração fechado para o mundo. Casado com Jane, um relacionamento sem amor, ele vê sua vida virar de cabeça para baixo quando Talon, sua filha, nasce prematura e corre risco de morte. Abandonado pela esposa, ele agora precisa abrir seu frio coração para o desafio de ser pai solteiro. A única pessoa que se oferece para ajudá-lo é Lucy, a irmã quase desconhecida de Jane. Apaixonada pela vida, falante e intensa, ela é o completo oposto de Graham. Os cuidados com a bebê acabam aproximando os dois, e Lucy aos poucos consegue derreter o gelo no coração de Graham. Juntos, eles descobrirão o amor, mas os fantasmas do passado podem pôr tudo a perder. 


"Porque a atração pode tornar-se amor..." 


Um enredo apaixonante! 

Lucille Hope Palmer (ou Lucy) é uma mulher de espírito livre e bom coração. O pai abandonou a família, ainda na infância. E antes da mãe falecer, quando já adultas, deixou para cada uma das filhas um presente: para a irmã do meio, Mari, ela deixou uma cadeira de balanço, a fim de tranquilizar sua mente acelerada; para a irmã mais velha, Lyric, deixou uma caixinha de música com uma bailarina, pois essa era sua paixão; e por último, para a caçula, Lucy, ela deixou... 


"O presente que ela me deixou foi o seu coração. Era uma pequena joia que ela usava no pescoço desde adolescente, e eu me senti honrada em recebê-la. "É o coração da nossa família", ela disse. "De um espírito livre para outro, para que você nunca se esqueça de amar intensamente, minha Lucille..." (Livro: A FORÇA QUE NOS ATRAI, Pág.8)





Graham Russell é um famoso escritor, filho de um ícone da literatura, o escritor Kent Theodore Russel, um homem admirado por muitos e que fora um terrível pai, fazendo com que ele tornara-se um homem de alma insensível e desprovido de amor. Casado com Jane, uma advogada tão insensível e desprovida de amor quanto ele, descobre que será pai. E assim que sua filha nasce prematura, com poucas chances de sobreviver, é abandonado pela esposa. 


"Graham era um monstro nascido das circunstâncias mais terríveis. Ele era dolorosamente lindo, de um modo sombrio. Suas palavras me mandavam ir embora, mas seus olhos me imploravam que ficasse." (Livro: A FORÇA QUE NOS ATRAI, Pág.136) 


O destino faz com que o espírito livre de Lucy e a alma sombria de Graham entre em combate, revelando sabores e dissabores, conduzindo-os a um verdadeiro amor. 


"Tudo bem nós lidarmos com as coisas de maneiras diferentes. Ela deixava seu coração à mostra, e eu mantinha o meu preso com correntes de aço bem no fundo da alma. Sem hesitar, eu a abracei mais forte. A mulher que sentia tudo buscava apoio no homem que não sentia absolutamente nada." (Livro: A FORÇA QUE NOS ATRAI, Pág.148) 


Agora cesso os comentários para não soltar spoilers

Ler um texto da Brittainy C. Cherry é ter a certeza de que irá se enveredar em intensidade. E este último livro da "Série Elementos" não foge a regra. Com o ingrediente de sempre o leitor é apresentado a uma ficção — diga-se de passagem — bem realística. 

A FORÇA QUE NOS ATRAI é leve como uma brisa e intenso como uma tempestade. Com uma narrativa singela apresenta uma situação complicada. A autora novamente criou uma trama linda e envolvente, com personagens que grudam na pele, fazendo do conteúdo mais verossímil. Assim como nos outros livros da série, os personagens secundários são de grande importância, tornando-se a cereja do bolo. Mas é indiscutível o contraste e amor que senti por Lucy e Graham, no calor da escuridão. O final é surpreendente, eu não imaginava aquilo, e posso dizer... FOI LINDO DE VIVER!!! 💘💘💘 Apesar de esse não ser o meu queridinho da série, ainda assim é MARAVILHOSO. Brittainy fechou a série de forma intensa e linda — e, agora, estou numa baita ressaca literária. o/ 

O enredo é narrado em primeira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; a diagramação está excelente, com fontes e espaçamentos em bom tamanho, adornada em papel off-white; e a capa é belíssima, no mesmo padrão das outras capas da série, desta vez estampando o insensível e apaixonante Graham. Por fim, para quem gosta de uma trama envolvente e apaixonante, eis essa sensacional pedida. \o/\o/\o/ 


Livro: A FORÇA QUE NOS ATRAI 
Série Elementos — Livro 4 
Autora: Brittainy C. Cherry 
Gênero: Drama/Romance 
Editora: Record 
Ano: 2017 
Páginas: 308

Abraços literários,
Simone Pesci
http://simonepesci.blogspot.com.br/

Nenhum comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥