23 abril, 2018

Lançamentos INCRÍVEIS DA CAVEIRA



Olá, pessoas! Tudo bem? Eu sumo mas eu volto eheheheheeh....E com novidade, contando tudo o que há para saber sobre os LANÇAMENTOS INCRÍVEIS da Darkside Books.....Senta, que lá vem só livrão da porra!!!!


O TERROR, O SUSPENSE, A FANTASIA E O MÁGICO
A Darkside apresenta o que há de mais interessante e instigante no universo sombrio da literatura de ontem e de hoje.


E se a morte não fosse o fim para quem deseja vingança? A partir de uma tragédia pessoal, James O’Barr criou a história de Eric Draven, que retorna para perseguir seus assassinos depois que estes interromperam uma vida de sonhos ao lado de sua amada Shelly. Sucesso desde quando começou a ser publicada de forma seriada e independente, em 1981, a jornada espiritual e a incapacidade de vencer o luto, aliadas à arte em preto e branco, as citações musicais de ícones do pós-punk e o lirismo do autor, carregam a graphic novel com uma sombria melancolia, que cativou e tocou o coração dos leitores. Esta versão definitiva deste clássico dos quadrinhos traz a força da arte e dos textos góticos de O’Barr, em edição mais que especial. Além de reunir a história completa criada pelo autor na época do lançamento, O Corvo – Edição Definitiva apresenta ainda trinta páginas de artes inéditas, além de uma sequência que o quadrinista não se sentiu a vontade para produzir nos anos 1980, conforme O’Barr confessa na introdução inédita.



HA, essa eu não sabia.....De uma edição COMEMORATIVA, isso aí! 50 anos já!!!!!
 
Atenção: para maior segurança dos leitores, esse livro clássico de zumbis recebeu um tiro nos miolos que perfurou de verdade todas as suas páginas. A Noite dos Mortos-Vivos ressurge das tumbas em alto estilo. Uma edição comemorativa da DarkSide Books em homenagem aos 50 anos do filme que iniciou a epidemia zumbi. O livro é uma adaptação de duas histórias do mestre George Romero (In Memoriam) e do roteirista John Russo: a Noite dos Mortos-Vivos e sua sequência, a Volta dos Mortos-Vivos, numa versão inédita no cinema. São dois romances no mesmo volume! 

A edição comemorativa tem capa dura e ilustrações exclusivas de Danilo Beyruth (Bando de Dois, Astronauta). Se hoje os zumbis estão em alta é porque, em 1968, George Romero e John Russo se reuniram para escrever o roteiro de a Noite dos Mortos-Vivos e mudar a história do cinema. O filme revolucionou o mito sobre as criaturas que voltavam do além: as superstições vodus das velhas produções B deram lugar à epidemia de fome canibal nas ruas norte-americanas. Criaturas similares já haviam aparecido antes nas telonas, mas foi em a Noite dos Mortos-Vivos a primeira vez em que foram retratados como uma praga devoradora de carne humana. 

O próprio John Russo (que também atua no clássico de 1968 como um zumbi) adaptou a história do filme neste romance que a DarkSide traz para o Brasil. "Sempre nos referimos a A Noite dos Mortos-Vivos como o Cálice Sagrado dos filmes de zumbi", Greg Nicotero, maquiador da série The Walking Dead. - Pior que é verdade....



A ESPÉCIE RARA QUE FALTAVA NA COLEÇÃO DOS LEITORES BRASILEIROS

O COLECIONADOR é a história de Frederick Clegg, um homem solitário, de origem humilde, menosprezado por uma sociedade esnobe, que encontra o grande amor de sua vida. Tudo o que ele deseja é passar um tempo a sós com ela, demonstrar seus nobres sentimentos e deixar claro que eles nasceram um para o outro.

O COLECIONADOR também é a história de Miranda Gray, uma jovem estudante de artes sequestrada por um maníaco que acha que pode obrigá-la a se apaixonar por ele. Tudo o que ela deseja é escapar do cativeiro, e vai usar de toda sua inteligência para sobreviver ao inferno em que sua vida se transformou.

O romance é narrado por dois personagens antagônicos: o sequestrador e sua vítima. Frederick e Miranda. Todos temos um pouco dos dois dentro de nós, concluímos ao final de suas páginas — quem consegue se desgrudar delas?



Você é o nosso convidado de honra para ler o que poucos conseguem ver. Uma casa perdida no meio do nada parece ser um bom lugar para esconder os mais sombrios segredos. Principalmente quando se trata de uma casa invisível a olhos não autorizados por seu dono, o enigmático Andrew Ranulf. Há muitas coisas que você deveria saber sobre Andrew. A mais importante de todas seria manter distância dele. Mas talvez você não consiga resistir à tentação de descobrir o que esse cara está evocando. Ele é um fenômeno que surge em todos os lugares onde Bem-vindo à Casa dos Espíritos é lançado. Não diga que não foi avisado. 

Protagonista do livro de Christopher Buehlman, Andrew é um imigrante russo que guarda em casa uma perigosa relíquia da antiga União Soviética. Membro dos Alcoólicos Anônimos, há dez anos longe das garrafas, ele também é um bruxo famoso. Sua técnica de conversar com os mortos através de vídeos atrai muitos clientes. Por mais estranho que pareça, Andrew também tem sentimentos e possui uma dona para o seu gélido coração: uma sereia de carne, osso e escamas. Todo cuidado é pouco para não seguirmos seu canto até o fundo do lago. 

Misturando antigas fábulas com uma narrativa moderna que encanta leitores em todo o mundo, Bem-vindo à Casa dos Espíritos é mais um lançamento para os destemidos leitores da DarkSide em 2018. Andrew Pyper – autor de O Demonologista, outro best-seller da editora que surpreendeu o mercado brasileiro – é o primeiro a afirmar: “Bem-vindo à Casa dos Espíritos é ao mesmo tempo belo e aterrorizante, mágico e realista, literalmente maravilhoso".



Conhecido por sua colaboração com Neil Gaiman – na série Sandman e em Sinal e Ruído, Mr. Punch e Violent Cases –, Dave McKean assombra o universo dos quadrinhos desde a sua estreia, em 1991, com o premiadíssimo Cages. Agora, a DarkSide Books apresenta a nova graphic novel do legendário multiartista, baseada na vida de Paul Nash, pintor inglês surrealista que combateu na Primeira Guerra Mundial. Black Dog: Os Sonhos de Paul Nash aborda sobretudo esse período delicado e determinante na vida do pintor, que iria marcar profundamente sua produção artística posterior, e compõe, através das lembranças de Nash, um painel multifacetado e tocante sobre como a guerra e situações extremas nos modificam e como lidamos com toda a dor, a perda e o trauma que ela provoca. 

Black Dog se utiliza de diversas técnicas e estilos, e transforma a linguagem e a estética dos sonhos, dos pesadelos e da memória: entrecortada, repleta de elipses, mudanças alterações e confusões próprias deste estado entre a vigília e o sono, que nos confunde, trai, acrescenta e subtrai, influenciando e por vezes formando a nossa percepção da realidade. De forma sombria e arrebatadora, McKean transforma em imagens extremamente belas e poderosas as emoções registradas por Paul Nash sobre o conflito e o que resta àqueles que sobrevivem. Ninguém sai impune desta obra-prima.



Após serem expulsos do Paraíso, os anjos planejam sua vingança nas chamas do Inferno. Impedidos de atacar diretamente o céu, decidem confrontar a criação divina: o homem. “Mais vale reinar no Inferno do que servir no Céu.”

Há 350 anos, o conflito entre Deus e Satã narrado em PARAÍSO PERDIDO, obra-prima de John Milton, virou um marco na literatura. Seus dez mil versos sobre a criação do mundo, a tentação e o desejo por redenção receberam reconhecimento instantâneo e serviram de inspiração para peças de teatro, músicas, pinturas e livros, ecoando na obra de mestres como Mary Shelley, C.S. Lewis e Neil Gaiman.

Milton criou seu épico mergulhado nas trevas de uma cegueira repentina. Entre as angústias reais do luto após a perda de sua segunda mulher e de sua filha mais nova, além da culpa religiosa enraizada na sua formação, Milton também precisou rever sua vida e a relação distante com a família.

Determinado a não deixar a perda da visão e o sofrimento provocado pela gota afetarem seu ofício, ditou PARAÍSO PERDIDO do começo ao fim para ajudantes, amigos e até mesmo suas filhas. Fruto de um árduo trabalho e reflexo da perseverança do autor, o poema levou cerca de cinco anos para ser concebido, e foi publicado em 1667 em sua primeira versão. Milton morreu em 1674, o mesmo ano em que foi lançada a edição definitiva de seu clássico.


E tem ainda os LANÇAMENTOS DARKLOVE, que claro, merecem um post só para eles, pois é muito amor envolvido.....




Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo