200 anos do Museu Nacional e as mais belas borboletas!


Cada um vai num Museu para se conectar com alguma parte do passado, não é? Por definição Museus são as instituições sem fins lucrativos que conservam, investigam, comunicam, interpretam e expõem, para fins de preservação, estudo, pesquisa, educação, contemplação e turismo, conjuntos e coleções de valor histórico, artístico, científico, técnico ou de qualquer outra natureza cultural, abertas ao público, a serviço da sociedade e de seu desenvolvimento. Não é fantástico?? Basicamente é um local de Educação, porque pela Educação você pesquisa, você contempla, você gera um aprendizado que não fica somente dentro das paredes de um museu, ele vai além. Sua missão é servir ao público, a sociedade, promovendo desenvolvimento!

O Museu Nacional completa 200 anos esse ano! E eu nem ia me tocar desse acontecimento tão importante se não tivesse ido ao Turismo Cultural no Bairro Imperial de São Cristóvão, que aliás respira história. Perdeu? Vê os meus posts aqui e aqui e aguarde 2019!😅😅

 Essa foto não é minha, mas ainda vou tirar uma igual!




Uma das alas que está belíssima e preparada para as comemorações dos 200 anos do museu é com certeza a ala de Entomologia

O Departamento de Entomologia do Museu Nacional teve a sua origem em 1842, em princípio como um dos setores da antiga Seção de Zoologia, tendo em 1916 adquirido o status de Laboratório de Entomologia Geral e Agrícola. A partir de 1971, já no âmbito da UFRJ, passou a ser reconhecido como um departamento distinto. Atuando na pesquisa, ensino e extensão, suas principais missões relacionam-se a manutenção, preservação e estudo da Coleção Entomológica do Museu Nacional, uma das maiores e mais representativas da América Latina, onde cerca de cinco milhões de exemplares ou lotes estão depositados. No Departamento, diversas linhas de pesquisa envolvendo insetos vêm sendo desenvolvidas, com enfoque na sistemática, morfologia, biologia, ecologia, biodiversidade e história natural.



E é aí onde eu quero chegar. Tá tudo lindo! A começar pela decoração da sala! Tem essa delicada escultura bem na entrada deixando o ambiente bem mais, como eu direi: aconchegante e no clima para a visitação.

Essa foto não é minha. Quase uma missão impossível tirar foto em dia de visitação com ninguém atrás, né?





Pareciam borboletas de verdade! 

E como eu citei no post do Museu Nacional, como o museu foi tema da Imperatriz Leopoldinense esse ano, muitas das fantasias estavam por lá espalhadas estrategicamente pelas exposições. 



😍😍😍😍😍😍 né?

Do lado de fora tinha uma banquinha com mais e mais fantasias, para os visitantes também tirarem as fotos ao ar livre. Bom, eu só fui nas borboletas cóf cóf cóf.....



Enfim....Mas voltando para a exposição, esse painel é realmente a coisa mais bela e colorida! Penei para conseguir essa foto sem ninguém por perto....


É muita disputa para tirar fotos dessas borboletas, gente! Não sei dizer o que mais fascina, se são as cores, se a delicadeza do conjunto, ou a preservação das mesmas. É de se apaixonar!








E foi isso! 
Amei esse passeio, amo esse museu, quero comemorar juntinho os 200 anos dessa instituição tão importante!

🌴🌴// Site // Facebook //🌴🌴

Vale a visita para fica por dentro das novidades e comemorações do bicentenário do Museu


Nenhum comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥