10 maio, 2018

[Resenha]: Outlander, A Libélula no âmbar — de Diana Gabaldon

Eu recebi essa maravilha em parceria com a editora Arqueiro (P.S.: Obrigada, Arqueiro!). Como fã incondicional da série, adianto que essa sequência está tão entorpecente quanto o primeiro livro (para conferir a resenha do livro 1, clique AQUI). Agora convido a todos para conferir a sinopse, trailer da segunda temporada da série, além do que eu achei de "Outlander, A Libélula no Âmbar #Livro2", obra da autora Diana Gabaldon. Vem junto! o/

Sinopse: Claire Randall guardou um segredo por vinte anos. Ao voltar para as majestosas Terras Altas da Escócia, envoltas em brumas e mistério, está disposta a revelar à sua filha Brianna a surpreendente história do seu nascimento. É chegada a hora de contar a verdade sobre um antigo círculo de pedras, sobre um amor que transcende as fronteiras do tempo... e sobre o guerreiro escocês que a levou da segurança do século XX para os perigos do século XVIII. O legado de sangue e desejo que envolve Brianna finalmente vem à tona quando Claire relembra a sua jornada em uma corte parisiense cheia de intrigas e conflitos, correndo contra o tempo para evitar o destino trágico da revolta dos escoceses. Mesmo com tudo o que conhece sobre o futuro, será que ela conseguirá salvar a vida de James Fraser e da criança que carrega no ventre?




"Porque até mesmo as facetas da alma são conspiradoras..." 


Uma sequência apaixonante! 💘💘💘

Vinte e três anos se passaram e Claire Randall está de volta as Terras Altas, agora com Brianna (sua filha biológica com Jamie Fraser), que foi criada como filha legítima de Frank Randall.


 Por falar em círculos de pedra  disse ele rapidamente, acho que conheço o que você mencionou. É um belo cenário e não fica muito longe da cidade.  Sorriu diretamente para Brianna Randall, notando que ela possuía três pequenas sardas no alto da maçã do rosto.  Acho que vou começar este projeto com sua viagem até Broch Tuarach. Fica na mesma direção do círculo de pedras, então talvez... aaahh! (Livro: Outlander - A Libélula no Âmbar, Pág.19)





A procura de notícias do passado, depois que Frank morreu e a fim de contar a verdade para Brianna, Claire, junto à Roger Wakefield (atual historiador e neto do reverendo falecido Reginald), inicia uma busca incessante por documentos que lhe mostrem a verdade.


"JAMES ALEXANDER MALCOLM MACKENZIE FRASER"  leu em voz alta.  Sim, eu o conheço. — Sua mão desceu pela pedra, afastando a grama espessa e alta ao redor, ocultando a linha de letras menores em sua base. "Amado esposo de Claire"  leu ela. (Livro: Outlander - A Libélula no Âmbar, Pág.78)


Deparando-se com a lápide de Jamie, tendo a certeza de que ele morrera, Claire decide contar a verdade para Brianna e Roger.


 Um deles, um Fraser do regimento do senhor de Lovat, escapou...  repetiu Roger em voz baixa. Ergueu a cabeça da página e fitou os olhos dela, arregalados, sem nada ver, como os de um cervo hipnotizado pelos faróis de um carro que avança.  Ele pretendia morrer no campo de batalha de Culloden  murmurou Roger.  Mas não morreu. (Livro: Outlander - A Libélula no Âmbar, Pág.877)





Agora cesso os comentários para não soltar mais spoilers

Tendo em vista o último quote, há de se achar que a sequência da história inicia-se nesse ponto, ou seja, com Claire retornando após vinte e três anos ao passado. Mas não se enganem, pois trata-se de uma breve introdução.

OUTLANDER, A LIBÉLULA NO ÂMBAR é uma apaixonante sequência de acontecimentos, que conduzirá uma linha pra lá de tênue, apresentando novos fatos e consequências. A narrativa, em totalidade, se passa após o período em que os protagonistas fogem das Terras Altas (no final do primeiro livro), viajando pelo mar e fixando moradia na França, onde planejam mudar o futuro. Eu me apaixonei ainda mais pelo contexto. Talvez o fato de ter assistido a série antes, tenha tirado um pouco a gana em saber sobre os acontecimentos. No entanto, foram 890 páginas entre aventuras cômicas e perturbantes, embates políticos, liderança e, claro, amores e desafetos. A história mostra um outro lado de Jamie, onde ele se torna negociador e líder. É claro que ele me fez suspirar por diversas vezes. Claire, por sua vez, é introduzida na sociedade Parisense com ousadia, ajudando aos necessitados enfermos, e correndo sérios riscos por estar grávida. Se eu gostei?! A resposta é NÃO!  EU NÃO GOSTEI! EU MEGA, ULTRA, MAX AMEI!!! 💘💘💘 "E leio até mesmo a lista de compras da Diana Gabaldon!" o/ P.S.: Logo menos darei início a leitura do terceiro livro.

A trama é narrada em primeira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; a diagramação está boa, com espaçamentos na medida, porém as letras são um tanto miúdas (o que dificultou um pouco a leitura), adornada em papel pólen soft (o amarelinho mais claro e liso); e a capa é belíssima., estampando uma das cenas que Jamie e Claire protagonizam. Por fim, para você que é apaixonado(a) por um lindo romance cheio de reviravoltas, eis essa sensacional pedida. \o/\o/\o/



Livro: OUTLANDER, A LIBÉLULA NO ÂMBAR (LIVRO 2)
Autora: Diana Gabaldon
Gênero: Romance/Aventura
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Páginas: 890

Abraços literários,
Simone Pesci
http://simonepesci.blogspot.com.br/

Formada em Farmácia Hospitalar. Apaixonada por ler e escrever desde sempre. Criou o Blog em 2013 para compartilhar seu amor pelos livros, séries e filmes.

Comente com Blogger
Comente com Facebook
Comente com Google+

0 comentários:

Postar um comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥

 
Uma leitura a mais © Todos os direitos reservados :: Design e desenvolvimento por Gabi Melo :: voltar para o topo