DarkNews #00: Mulheres Crânio




Inferior é o Car*lhø apresenta: Mulheres Crânio❤💀

Ao longo dos séculos, a ciência propagou mentiras e meias-verdades a respeito das diferenças entre os sexos. Ada Lovelace, a primeira programadora do mundo, é um desses grandes exemplos.


Leia esse texto incrível no site DELIRIUM NERD e saiba mais sobre essa mulher a frente de seu tempo (clichê, mas não pude resistir).....




Existem alguns “fatos” sobre as diferenças entre os sexos que nós crescemos sabendo. Homens são fortes, durões, mais inclinados à promiscuidade e melhores ao estacionar carros. Mulheres são mais sensíveis, menos intelectuais, não tão favoráveis ao sexo casual e são melhores cuidando da família. Certo?

Errado.

Defendidas há séculos por evidências superficiais — e enraizadas em nossa sociedade sexista —, essas visões parecem naturais, imutáveis e até mesmo legítimas, chegando, inclusive, a se perpetuarem em nosso vocabulário. Porém, ao serem examinadas de perto, não se sustentam. 


Em INFERIOR É O CAR*LHØ, lançamento da linha Crânio da Darkside Books, a jornalista britânica Angela Saini convida você a esquecer tudo o que sabe sobre as diferenças entre os sexos e embarcar em uma jornada esclarecedora sobre as mentiras e meias-verdades que a ciência propagou ao longo dos últimos séculos.




"Certamente acredito que as mulheres, conquanto, em geral, superiores aos homens [em] qualidades morais, são inferiores em termos intelectuais, e parece-me ser muito difícil, a partir das leis da hereditariedade (se eu as compreendo de forma correta), que elas se tornem intelectualmente iguais ao homem", escreveu o autor de A Origem das Espécies em uma negação de tudo pelo que o movimento de mulheres lutava à época — e segue lutando até hoje.

A Srta. Kennard, destaque no movimento feminista em uma cidadezinha de Massachusetts, nos Estados Unidos, não hesitou ao enviar uma resposta inflamada ao naturalista inglês Charles Darwin, que dizia: 

"Deixe que o ‘ambiente’ das mulheres seja semelhante ao dos homens, e com as mesmas oportunidades, antes de julgá-las, com justiça, intelectualmente inferiores a eles, por favor." 

Já podemos esperar GRANDES COISAS dessa leitura, não???



Com diligência e uma linguagem objetiva, a jornalista apresenta em cada capítulo um recorte na história da ciência que difundiu o mito de que mulheres são inferiores, viajando o planeta para entrevistar cientistas, pesquisadores e especialistas e obter sempre os dois lados da história. A edição brasileira homenageia o trabalho da artista gráfica e ativista Barbara Kruger, e conta também com a introdução da professora de teoria literária e pesquisadora Heloisa Buarque de Hollanda, que publica em breve um livro sobre a quarta onda do movimento feminista.




INFERIOR É O CAR*LHØ integra a linha Crânio, que publica material minuciosamente selecionado para nos ajudar a questionar o estranho e admirável mundo em que vivemos. Uma obra poderosa que revela uma perspectiva alternativa para a ciência em que mulheres não são excluídas, mas fazem parte desta história — e, sobretudo, ajudam a escrevê-la. Um livro para mulheres e homens que buscam igualdade em nossa sociedade, pois, ou vamos juntos, ou não vamos a lugar nenhum.

Eu achei a premissa interessante por demais da conta, e porque não inspiradora até?? Já quero ler para ontem. Até então o único livro da linha Crânio que li foi Onde nascem os gênios, link para a postagem aqui

Super a fim de ler esse! E aí??

Nenhum comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥