[Resenha]: Outlander, Os Tambores do Outono — de Diana Gabaldon

Eu recebi essa lindeza em parceria com a editora Arqueiro (P.S.: Obrigada, Arqueiro!). 💘💘💘 Agora trago a sinopse, trailer da quarta temporada da série e o que eu achei do livro quatro — Outlander, Os Tambores de Outono —, da autora Diana Gabaldon. Vem junto conferir! o/ 


Sinopse: Após tomar a difícil decisão de deixar a filha no século XX e viajar no tempo novamente para reencontrar seu grande amor, Claire Randall tem mais um desafio: criar raízes na América colonial do século XVIII ao lado de Jamie Fraser. Eles partem rumo à Carolina do Norte para achar um novo lar e contam com a ajuda de Jocasta Cameron, tia de Jamie e dona de uma propriedade na região. Enquanto isso, em 1969, Brianna Randall se une a Roger Wakefield, professor de história e descendente do clã dos MacKenzie, para descobrir as respostas sobre as próprias origens e sobre Jamie, o pai biológico que nunca conheceu. Em meio às buscas, ambos encontram indícios de um incêndio fatal envolvendo os pais de Brianna. Mas Roger não pode lhe contar isso, porque sabe que a namorada tentaria voltar no tempo para salvá-los. Por outro lado, Brianna também não compartilha sua descoberta, pois tem certeza de que Roger tentaria impedi-la. Nesse livro emocionante, repleto de ação, intrigas e detalhes históricos, as barreiras do espaço e do tempo são postas à prova pelo amor de um casal e pela coragem de sua filha em mudar o destino.



"Porque da distância o amor é saudade, desejo e constância..." 

Uma sequência instigante!

Jamie e Claire têm como objetivo o Novo Mundo. A fim de explorá-lo, eles partem para a América, chegando, por fim, a casa de Jocasta (tia de Jamie). E por lá eles se hospedam, junto do sobrinho Ian e o seu cachorro, Rollo.
— Jamie, pequeno Jamie! Ah, estou feliz por você ter vindo, rapaz! — Jocasta estendeu a mão de novo e tocou os cabelos dele, com um olhar de encantamento. — Minha nossa, ele é um gigante! Você será tão alto quanto meu irmão Dougal, pelo menos! (Livro: Outlander - Os Tambores do Outono, Pág.151)


Jocasta faz uma proposta para o sobrinho para cuidar de seus bens, mas Jamie e Claire não concordam com o regime escravocrata e também por ter ao lado os índios selvagens, o que faz com que ele aceite outra proposta, feita pelo governador, o que lhe destinará um bocado de terras em seu nome, ou seja, Fraser's Rigde.
— Não sabe? — Sem esperar resposta, ele continuou: — Se ela prosseguir com História... Você acha que ela nos encontrará? Escritos em algum lugar, quero dizer. (Livro: Outlander - Os Tambores do Outono, Pág.326)
A dúvida se torna realidade, assim que Brianna descobre que os pais morrerão (daqui alguns anos) em um incêndio. Desta forma, decidida, ela resolve voltar no tempo e encontrar os pais, a fim de conhecer o pai biológico e de avisá-los de tal tragédia.
— Bree! — Consegui gritar, e ela me colocou no chão, mas não me soltou. Olhei-a sem acreditar, mas ela era real. Procurei Jamie e o encontrei de pé ao lado dela. Ele não disse nada, mas me lançou um sorriso grande, as orelhas rosadas de felicidade. (Livro: Outlander - Os Tambores do Outono, Pág.600)
Agora cesso os comentários para não soltar mais spoilers.

Com uma trama recheada de aventuras (marca registrada da autora), somos conduzidos a um Novo Mundo, onde Jamie e Claire tecem essa teia de sabores e dissabores.

OUTLANDER, OS TAMBORES DO OUTONO é uma sequência intrigante, onde o momento auge da trama é nada menos que o encontro de pai e filha, isto é, Brianna e Jamie. E, além deste encontro, temos o reencontro de Claire com a filha, além dos novos percalços (alguns destes dolorosos demais), pelos quais a garota passa e que acabam por envolver a todos. Nesse cenário, entre escravocratas e indígenas, há momentos cáusticos de sobrevivência, além da esperança para essas novas oportunidades/ou Novo Mundo. Roger, affair de Brianna, também é de grande importância na trama, pois é impulsionado pelo amor, e, por tal motivo, atravessa o tempo e vive grandes e perturbadoras tribulações. Em suma, com a família completa e um vilão e tanto — o pirata Stephen Bonnett — nos deleitamos na solidificação de amor entre Claire e Jamie, e novos rumos para/com Brianna e Roger. Novos a antigos personagens aparecem na história, dando um tempero especial a trama. Eu não posso dizer mais, pois soltarei spoilers importantes. O final é instigante, deixando Jamie entre a cruz e a espada. Por fim, essa é a solidificação da família Fraser.

A trama é narrada em primeira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; a diagramação está boa, apesar de a fonte ser pequena (o que dificultou um pouco a leitura); e a capa é linda, estampando Jamie e Claire desbravando um Novo Mundo.


Livro: OUTLANDER, OS TAMBORES DO OUTONO #LIVRO 4
Autora Daiana Gabaldon
Gênero: Romance de época / Aventura
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Páginas: 880


Abraços literários,
Simone Pesci
http://simonepesci.blogspot.com/

Nenhum comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥