[Resenha]: Hunter, Acerto de Contas — de Andy Collins

Eu baixei esse e-book gratuitamente. A propósito, o que me chamou atenção foi a capa e a sinopse instigante. Trata-se de um dark romance, propício para quem tem estômago forte. Agora confira a sinopse e o que eu achei de "Hunter, Acerto de Contas", obra da autora brasileira Patricia Gurjão (pseudônimo Andy Collins), uma publicação da The Gift Box


Sinopse: "RESGATE"... Foi a primeira palavra que ouvi quando os tiros cessaram. "ELE ESTÁ FERIDO, TIRE-O DAQUI!". Foi o que ouvi quando fui levado para cima. "ARRANQUE ISSO DELE". Foi a última coisa que ouvi antes de me render a escuridão. Uma década depois e essas palavras ainda permeiam meus pensamentos. Antes, elas me causavam medo, mas aprendi a lidar com ele. Transformei o medo em ódio, em uma motivação. O combustível que precisava e a justificativa perfeita para a escuridão dentro de mim. Hoje eu tenho um plano, e não vou desviar, nem que isso signifique silenciar a única voz capaz de acalmar os demônios na minha cabeça danificada. Eles roubaram a minha vida, e não a quero de volta. Meu único desejo é acabar com a deles. 

"Porque deve-se temer o ódio de um homem..." 

Uma trama de perder o fôlego!

Ao comemorar suas bodas de papel, ou seja, um ano de casamento com Dominic Savage  Dom  (um agente do FBI), Faith, de vinte e cinco anos (formada em Ciências Sociais), é sequestrada pelo próprio marido.

São as últimas palavras que ouço antes de um lenço branco cobrir a minha boca e nariz. Meus olhos se arregalam, assustados, mas logo fecham quando perco a consciência. (Livro: Hunter, Acerto de Contas - Prólogo)




Faith é enviada para SIRIS, uma organização não-governamental que controla terroristas ao redor do mundo. O que ela não sabia é que seria treinada por Hunter Hayes, um homem cheio de pesadelos do passado, além de impiedoso — e também do seu agora ex marido, Dom, para uma nova vida.

— Que não sou o cara que vai te dizer aquilo que você quer ouvir. Eu sou aquele que vai causar dor, Faith. Já deveria saber disso. Se já acabou, faça um favor a si mesma e vá descansar porque amanhã vai doer. (Livro: Hunter, Acerto de Contas - Cap.12)

Ela passa por poucas e más, especialmente ao lado de Hunter, que segue com as piores torturas, para torná-la mais forte e assim como ele, impiedosa. Mas é nessa miríade de sentimentos adversos que Faith e Hunter se apaixonam, despertando o ciúme de seu ex marido, Dom.
  
Hayes me ampara, levando-me de volta para a cama. Ele não diz nada enquanto choro, mas seus movimentos dizem tudo que preciso saber. Estou no inferno, e sendo protegida pelo próprio demônio. (Livro: Hunter, Acerto de Contas - Cap.17) 
Agora cesso os comentários para não soltar mais spoilers.

Esse é o meu primeiro contato com um texto da autora  e diga-se de passagem  foi uma experiência surreal... Eu me vi entre o amor e ódio com essa trama.  

HUNTER, ACERTO DE CONTAS é um dark romance para quem tem estômago forte, com muitas cenas de violência, abusos e tantos outros itens que refere-se ao gênero. Mesmo com toda essa carga pesada, ainda assim me senti atraída pelo contexto, bem delineado e com cenas de perder o fôlego. Eu devo ser do contra, pois sempre me apaixono pelo vilão, nesse caso estou falando de Hunter, que faz e fala absurdos na trama, deixando Faith ainda mais tresloucada, e, em verdade, tem os seus motivos para ser como é. Os personagens são cativantes, cada qual com sua singularidade. O que me incomodou e me fez avaliá-lo com quatro estrelas no Skoob foi o fato de a trama ser muito lépida, faltando um pouco mais de profundidade, além de algumas palavras que não gosto em um texto... Mas entendi que para esse enredo fez todo sentido. O desfecho foi eletrizante e graças ao bom senso da autora, fiquei feliz por saber que Hunter não fora capaz de cometer uma atrocidade com um dos personagens, que não merecia tal barbárie. Eu fiquei com um gostinho de quero mais, como disse faltou profundidade, acho que se a autora tivesse trabalhado melhor isso, o livro seria perfeito. De qualquer forma, eu gostei bastante... E afirmo que: "Leio até mesmo a lista de compras da autora!". o/ Por fim, para quem curte uma leitura rápida (eu concluí ela em algumas horas), e com um enredo forte, eis essa excelente pedida. o/

A trama é narrada em primeira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão, alternando entre personagens (adoro a narrativa dessa forma, pois me sinto mais íntima dos personagens e do contexto); a diagramação está no padrão digital; e a capa é de perder o fôlego, condizendo com a trama, estampando ninguém menos que Hunter.


Livro: Hunter, Acerto de Contas
Autora: Andy Collins
Gênero: Dark Romance
Editora: The Gift Box
Ano: 2018
Páginas: 126 



Abraços literários,
Simone Pesci

Nenhum comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥