Semana do Meio Ambiente: conheça Ecossistemas Brasileiros 🌿 (Editora Biruta)



Na Semana Mundial do Meio Ambiente,
explore a coleção de Ecossistemas Brasileiros


Em "A Mata Atlântica", "A Amazônia", "O Cerrado" e "A Caatinga", o autor nos apresenta, por meio de textos e de suas belas aquarelas, a fauna e flora dos sistemas. Cada volume também é composto por um 'Diário de viagem' e pelo 'Guia do viajante', em que Matuck nos conta sobre suas viagens e sua interação com as plantas, animais e comunidades.  

"A Amazônia é um grande sistema de rios, igarapés e lagoas que entremeiam a vegetação luxuriante, regada por chuvas intensas. 

O pirarucu e o peixe-boi são exemplos dos muitos e variados peixes e mamíferos que vivem na Amazônia."





A Amazônia cobre cerca de 40% do território brasileiro e se estende pela região Norte, norte do Centro-Oeste e oeste do Maranhão. Ã‰ um grande sistema formado por rios, igarapés e lagoas que entremeiam a vegetação luxuriante. Você encontra informações sobre a fauna e a flora desse ecossistema no livro A Amazônia.

A caatinga é uma vegetação típica do Nordeste e do norte de Minas Gerais. Os animais que ali vivem desenvolvem formas peculiares de sobrevivência. Na cidade de Curaçá, na Bahia, vive um casal muito especial de araras: a ararinha-azul e a arara-maracanã. Os vaqueiros que moram em Curaçá têm muito orgulho de sua terra. Todos os anos eles preparam uma festa e comparecem com seus trajes típicos. A festa é especial e muito diferente daquelas festas que, usualmente, o leitor conhece.

Na Mata Atlântica chove quase todos os dias. Lá encontramos o mangue e sua rica vida vegetal e animal. O morcego-pescador e a suçuarana aparecem nos tanques formados nas nascentes da Serra do Mar. Já no interior da mata há vários tipos de plantas: trepadeiras, bromélias e orquídeas. Nas copas das árvores os macacos monos-carvoeiros saltam de galho em galho.

O cerrado cobre grande parte do território brasileiro. As árvores retorcidas que perdem suas folhas na estação seca formam a principal paisagem dessa região. Como a vegetação é ressequida, naturalmente, ocorrem incêndios, mas isso não impede que a catuaba abra em flores depois que o fogo se extingue. Entre os animais que habitam o cerrado podemos destacar o lobo-guará, a coruja-buraqueira, o tamanduá-bandeira, além de insetos, aves e cobras.

Acho essas publicações da Biruta uma fofura!


Nenhum comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥