Duas mulheres ganham o NOBEL DE QUÍMICA 2020


Olá, pessoas, tudo bem? Espero que sim....Tinha uma menina de um canal que eu seguia que a garota falava assim "Como é que tá do lado daí?" - Eu achava isso tão legal srsrsrsrsrsrs

Mas voltando...A grande notícia desse semana foi o Nobel de Química para duas mulheres! Isso mesmo MULHERES.

A bioquímica americana Jennifer Doudna, 56 anos, da Universidade da Califórnia e a microbiologista francesa Emmanuelle Charpentier, 51 anos, do Instituto Max Planck, de Berlim foram laureadas com o prêmio na quarta-feira, dia 07 de outubro de 2020.



Segundo os membros da Academia Sueca, a dupla deflagrou um método científico que “contribui para o desenvolvimento de novas terapias contra o câncer e pode tornar realidade o sonho de curar doenças hereditárias".

Não temos muitas mulheres sendo agraciadas com o Nobel. Isso é um fato. Acaba que não há muitas mulheres na ciência e quando há, bem...elas não tem as mesmas oportunidades. Eu li uma matéria na Galileu dizendo que quando mulheres persistem nas carreiras de ciências elas sofrem com diversas barreiras. Essa matéria aqui, muito interessante. 

Queria muito dizer que isso está mudando, mas não é bem assim. A sociedade ainda é machista a ponto de achar que algumas cadeiras são apenas para homens, porque "mulheres não gostam de matemática ou física", o que não é de todo verdade.

Enfim, vamos ficar felizes com a condecoração e esperar que isso inspire e estimule cada vez mais meninas na ciência.



Nenhum comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥