Uma edição nova de Orgulho e Preconceito, pela Antofágica


Amores, amores. Casamento, à parte. Nos bailes de Netherfield, a iguaria principal só poderia ser uma: os bem-casados.

Ao contrário de sua mãe, que anima-se diante de qualquer bonitão com uma boa herança à vista, Elizabeth Bennet não se deixa levar pelas aparências. Antes de considerar qualquer um como um bom partido, para além de fortuna e propriedades, Lizzie investiga aspectos que considera muito mais importantes: reputação e caráter. Por isso, ao ser apresentada ao rico e arrogante Fitzwilliam Darcy, sua única reação é o desprezo. Conhecê-lo melhor, porém, pode abalar as perspectivas de Elizabeth.

Vítima de suas próprias imperfeições e preconceitos, Elizabeth é uma das personagens mais fascinantes da literatura. Inteligente e observadora, ela encarna uma versão alternativa do feminino de sua época: uma mulher que não se conforma às regras do jogo social, mas que as questiona a todo instante..



A nova edição da Antofágica, traduzida por Carol Chiovatto, traz ilustrações exclusivas de Jess Vieira e apresentação da escritora Bruna Vieira. Nos posfácios, Sandra Guardini, professora titular de Literatura Inglesa e Comparada (USP), oferece um panorama da vida e de obra de Jane Austen, e Jaqueline Sant'ana, doutoranda em Sociologia (UFRJ), analisa a autora sob a perspectiva da chamada “literatura de mulherzinha”. Isadora Sinay, formada em Cinema e doutora em Literatura (USP), faz uma análise das representações audiovisuais da obra da autora.

Extra: Ao escanear o QR Code da cinta com seu smartphone, você tem acesso a duas videoaulas da acadêmica Sandra Guardini para enriquecer sua leitura.



Então...não posso reclamar daquilo que não vi nem peguei na minha mão, né? Mas essa não me parece "A" edição definitiva de Orgulho e Preconceito. Não sei o que não me agradou...De cara, tinha até achado bem legal a capa verde...mas quando olhei de novo já nem curti. Gostei mais das capas estilizadas da ilustradora dos livros da Princesinha e Princesa e Goblin, que a Wish trouxe no catarse (e olha que tem umas capas lá que nem curto também....)....

Depois fiquei me perguntando o motivo de ter apresentação da Bruna Vieira (aquela do Depois dos quinze). Tá, eu gosto dela, li e tenho dois quadrinhos dela com a Lu Cafaggi (que são realmente bem fofos e fiquei triste porque não teve mais) e li um livro chamado A menina que colecionava borboletas (que lembro que comprei por causa da capa), mas que já até  doei faz é tempo....E ah, ela é autora de uma série chamada "meu primeiro blog" que conta com dois livros que nunca li, mas que vi que vai virar série na Netflix (mas também quase tudo vira série na Netflix). Mas eu nunca li porque fala sério, pelo mesmo motivo que nunca li Thalita Rebouças, né? Não faço parte desse público-leitor.  

Mas fiquei pensando que sei lá, seria o mesmo que colocar a Thalita ou a Paula Pimenta para escrever essa "apresentação"? Queria muito ler, só para tirar a "pulga de trás da minha orelha" HAHAHAHAHAHAHA.

Mas num grupo aí de uma outra editora vi um povo descendo a mão nessa edição. Eu, Renata, pela capa pelo preço (69,90) na Amazon não compraria....Não me chamou atenção tanto assim...EHEHEHEHEHE

Seria isso um PRÉ - conceito???? 

Nenhum comentário

Olá, leitor!
Se você chegou até aqui, fique sabendo que já fiquei feliz!
Se quiser deixe seu comentário que responderei em breve! Se tiver blog saiba que logo logo lhe farei uma visitinha ♥